PUBLICIDADE

Colunistas


Conhecer para preservar

Segunda-Feira, 24/09/2018 às 06:00, por Neivo A. T. Fabris

O município de Quatro Irmãos é exemplo quando o assunto for preservação do Patrimônio Histórico Ex. Distrito de Erechim foi criado por força de lei em 16 de abril de 1996 parte dos 286 Km² foi desmembrado de Jacutinga. Com 1.672 habitantes, distribuídos na área urbana e rural, Quatro Irmão não possui acesso asfáltico, situação de pelo menos outros setenta municípios do RS. Para compensar as estradas que ligam sua sede a Erechim e Erebango estão em excelente estado de conservação.

 

I I

Sua origem remonta a Fazenda Quatro Irmãos e seus 92 mil hectares foram adquiridos no ano de 1909 pela Jewish Colonization Association – ICA. Dois anos após os primeiros imigrantes judeu, oriundos da Europa Oriental desembarcam na plataforma da Estação Erebango, referência para o empreendimento. Nas seis décadas seguintes o projeto teve avanços e recuos, e a produção agrícola e a extração da madeira impulsionou a economia. Quando em 1962 a ICA vendeu as últimas áreas, encerrando suas atividades, a triticultura já havia se consolidado.

 

I I I

O vínculo dos descendentes de judeus que trocaram Quatro Irmãos por outras cidades do RS e do Brasil se mantém. O antigo Hospital Leopoldo Cohen, construído no ano de 1932, foi preservado e tombado como Patrimônio Histórico Municipal. O mesmo com o Cemitério Judaico de Quatro Irmãos. Com o apoio do poder público, e coordenado pelo Instituto Cultural Judaico Marc Chagall, a Federação Israelita do RS consolidou o projeto que criou no local o Centro Cultural e o Memorial da Imigração Judaica.

 

I V

Conhecida como Cidade-Símbolo da Imigração Judaica no Brasil, Quatro Irmãos faz por merecer. Com frequência grupos de pessoas, inclusive do exterior, visitam o Memorial da Imigração e o Cemitério Judaico. Instalado no sobrado do Centro Cultural, o Memorial remete o visitante as primeiras décadas do século passado através dos painéis que reproduzem imagens, dados e textos cuidadosamente elucidativos. Além de auditório o mobiliário e equipamentos do antigo hospital é um atrativo aparte.

 

Curtas:

# Diferentemente das anteriores a campanha eleitoral em curso ainda está restrita a rádio, TV e redes sociais.

# Com exceção dos dirigentes partidários, vereadores e cabos eleitorais, os comitês de campanha, ao menos em Getúlio Vargas, estão às moscas.

# As tradicionais panfletagens pelas ruas e no comércio podem ser contadas nos dedos das mãos.

# Alguns candidatos a deputado estadual e federal estão utilizando o serviço prestado pelos Correios para distribuir o material impresso.

# Definitivamente a militância espontânea, que marcou a redemocratização brasileira a contar dos anos oitenta do século XX, ficou apenas na lembrança.

# Maior colégio eleitoral da região, Erechim continua sendo prioritário para a visita dos candidatos ao Palácio Piratini.

# Eduardo Leite (PSDB), ex. prefeito de Pelotas e candidato ao governo do Estado foi recebido na sexta-feira (21).

# Além de uma caminhada pelas ruas centrais da Capital da Amizade, o candidato tucano participou de um encontro com correligionários .

# O diretório municipal do PT de Erechim trabalha com a possibilidade da coordenação da campanha de Miguel Rossetto incluir a cidade no roteiro.

# Mateus Bandeira, candidato a governador pelo Partido Novo é aguardado em Erechim pelos correligionários nesta terça-feira (25).

 

Dito & Feito:

O prefeito Mário Luiz Ceron (PTB) esteve na semana que passou em Brasília com o objetivo de efetivar projetos em andamento para Ipiranga do Sul. Também tratou no Dnit e Ministério dos Transportes do processo de pavimentação da Transbrasiliana.

 




De zero a um

Segunda-Feira, 10/09/2018 às 06:00, por Neivo A. T. Fabris

Realizado com base em estatísticas públicas oficiais, disponibilizadas pelos ministérios da Educação, Saúde e Trabalho, o Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM) acompanha anualmente o desenvolvimento socioeconômico dos mais de cinco mil municípios brasileiros. Criado há dez anos, sua leitura é simples e o índice varia de 0 a 1 ponto.


II
O resultado aponta o nível de cada um dos municípios em quatro categorias: baixo (de 0 a 0,4), regular (0.4 a 0,6), moderado (de 0,6 a 0,8) e alto (0,8 a 1). Quanto mais próximo de 1 maior o desenvolvimento.  O Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal edição 2018 foi elaborado com os dados do exercício 2016, o último das administrações encerradas naquele ano. O de 2019 será do exercício 2017, o primeiro ano dos atuais governos municipais.


III
Como nos anos anteriores a coluna apresenta a colocação no Brasil e RS de sete municípios da região. De igual modo o IFDM consolidado de cada um deles. Estaçãoficou na 509º posição nacional e na 95ª estadual com o IFDM consolidado de 0.7933 (educação 0.7972, saúde 0.9313 e emprego e renda 0.6495). Getúlio Vargas528º e 98º, consolidado de 0.7915 (educação 0.8697, saúde 0.8906, e emprego e renda 0.6141).


IV
O município de Sertão aparece na 933º posição no ranking nacional, 164º no estadual, e o índice consolidado de 0.7624 (educação 0.8190, saúde 0.9499 e emprego e renda 0.5184). Floriano Peixoto nos 1.415º e 240º, respectivamente, e 0.7345 no consolidado (educação 0.8436, saúde 0.8930, e emprego e renda 0.4671).


V
Com 1.482º no nacional e 254º no estadual, o consolidado de Ipiranga do Sul foi de 0.7304 (educação 0.8192, saúde 0.9077 e emprego e renda 0.4642). Erebangonos 2.7585º e 407º, na posição nacional e estadual, respectivamente, com consolidado de 0.6721 (educação 0.7799, saúde 0.7997 e emprego e renda 0.4367) E aindaCharrua, nas 4.515º colocação nacional, 489º estadual e o consolidado de 0.5749 (educação 0.6154, saúde 0.7814 e emprego e renda 0.0.3278).
Curtas


# O candidato Jairo Jorge (PDT) foi o primeiro postulante ao Piratini a estar na região após o início da campanha.
# A convite da Accie, Sindicato Rural de Erechim, Sindilojas, e CDL o pedetista foi recebido no início da manhã de quarta-feira (05) no Polo de Cultura.
# O ex. prefeito de Canoas, que antes da convenção visitou diversas cidades da região, abordou aspectos do seu projeto de governo denominado “O RS tem solução”.
# Dirigentes e filiados do PT de Getúlio Vargas, Floriano Peixoto e Estação receberam o ex. governador Olívio Dutra para um almoço no último dia de agosto. 
# Fundador do PT, primeiro prefeito da capital e governador do Estado pela sigla, Olívio estava acompanhado do professor Elton Scapini, natural de Getúlio Vargas e em três oportunidades candidato a prefeito.
# No encontro realizado na sede social da AABB, Olívio fez uma análise de conjuntura e pediu unidade em torno da campanha eleitoral em curso.
# Presentes no encontro Vilson Babicz, ex. prefeito de Floriano Peixoto, Ivar Pavan, ex. deputado estadual, e Lucas Farina, candidato a Assembleia.
# Da direção local do partido da estrelinha vermelha Gelson Luís Seminotti e Nilton Scariot, ex. vereadores e ex. Secretários Municipal de Desenvolvimento.
# Não passou despercebida à ausência do ex. vereador e ex. prefeito Dino Giaretta (PT) que está na Itália, aonde vai poder votar para presidente em 07 de outubro.
 
Dito & Feito
Uma solenidade realizada no último dia 31 no Polo de Cultura – Parque da Accie, em Erechim, marcou a posse da nova reitoria da Universidade Regional Integrada. O professor Arnaldo Nogaro substitui o professor Luiz Mario Silveira Spinelli na Reitoria da instituição que neste ano completou 25 anos.




Ponto de vista

Segunda-Feira, 03/09/2018 às 06:00, por Neivo A. T. Fabris

Nos seis municípios de abrangência da 70º Zona Eleitoral. 29.127 pessoas estão aptas a comparecerem as urnas no dia 07 de outubro. Segundo maior colégio eleitoral entre os 32 municípios que integram a Amau, Getúlio Vargas possui 13.343 eleitores. Dentre seus 16.648 habitantes, segundo o IBGE, 80% possuem título eleitoral.


II
O município de Estação possui 4.839 eleitores, que representa 78,5% dos seus 6.161 habitantes.  Na sequencia Sertão, que conta com 4.723 eleitores para uma população de 6.065, dos quais 77,8 com o título eleitoral. Dos 3.066 habitantes do município de Erebango, 2.523 são eleitores e representam 82,3% da população.


III
O quinto município da 70ª Zona em número de eleitores é Ipiranga do Sul, com 1.883, para uma população de 1.975. o equivalente a 95,3%. E por fim Floriano Peixoto, que tem 1.958 habitantes dos quais 1.814 eleitores, 92,6%. Chama atenção a situação do município de Ponte Preta que para cada 100 dos 1.684 habitantes mais de 98 são eleitores.


IV
Nos 32 municípios da Amau 182.827 eleitores estão aptos a votar. No RS 8.354.732, e no Brasil 147.302.354. Em relação as últimas eleições gerais que aconteceram em 2014 houve no RS uma redução de 37.301 eleitores. A maior parte do eleitorado gaúcho pertence ao gênero feminino, 4.383.662, o que representa 52,5%. O gênero masculino reúne 3.971.070, representando 47,5% do eleitorado.


Curtas
# o prefeito Maurício Soligo (PP) e o secretário Daniel Fernandez (PP) estiveram quarta-feira (29) na Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do RS (Agergs), em Porto Alegre.
# Na audiência com Jorge Jardim, chefe de gabinete da presidência da Agergs, o prefeito de Getúlio Vargas e o Secretário do Meio Ambiente trataram sobre a coleta e tratamento de esgoto no município.
# Prestes há completar 110 anos a área urbana de Getúlio Vargas vem crescendo, tanto na zona central como nos bairros, e nem o esgoto pluvial nem o esgoto cloacal recebem tratamento.
# A MP 844/2018 recentemente editada pelo governo Temer modifica a Lei Nacional de Saneamento dá um prazo de 25 anos para que as cidades ofereçam esses serviços para empresas privadas.
# Em Canoas a Corsan, empresa pública gaúcha, já realizou 92% das obras de saneamento e em Passo Fundo 28%.
# Para a cidade de Getúlio Vargas os técnicos e engenheiros da Corsan trabalham no projeto. 
# Na quinta-feira (30) o Sindiágua se juntou ao Dia Nacional de Mobilização contra a MP do Saneamento.
# A campanha, que conta com o apoio de diferentes organizações sindical e movimentos populares querem que o presidente do Senado, Eunicio Oliveira devolva a MP para Temer.


Dito & Feito:

Olívio Dutra participou na noite de sexta-feira (31) em Erechim da apresentação do documentário "Galo Missioneiro". A película narra a trajetória do ex. governador e do PT no RS.




Ponto de vista

Segunda-Feira, 20/08/2018 às 06:00, por Neivo A. T. Fabris

A campanha eleitoral iniciou oficialmente na quinta-feira (16). A legislação já permite o uso de serviço de som nos comitês e carros em horário determinado. Como vem ocorrendo nos últimos pleitos os candidatos estão se valendo da internet, divulgando posts com mensagem e o número. Os tradicionais “santinhos”, que poderão ser distribuídos até a véspera da eleição, devem rarear devido aos custos. Já a propaganda eleitora de rádio e TV terá início no próximo dia 31.


II
Para disputar uma das 31 cadeiras que cabe ao RS na Câmara Federal estão registrados 383 candidatos, 12,35 por vaga. Para a Assembleia Legislativa a Justiça Eleitoral recebeu o registro de 782 candidatos, uma média de 14,22 para cada uma das 55 vagas de deputados com assento no Palácio Farroupilha. Para a Câmara Alta, que em 2018 terá renovação de 2/3, 15 candidatos buscam uma das duas vagas no RS. Oito candidatos disputam o governo do Estado e 13 à presidência da República.


III
As campanhas pelo voto consciente em curso, desencadeadas pela OAB, veículos de comunicação e a própria Justiça Eleitoral são mais do que oportunas. Os candidatos que se apresentam pela primeira vez aos eleitores tem como ponto positivo o senso comum da renovação. Por outro lado, os recursos do Fundo Partidário devem ser direcionados aos deputados e senadores que buscam a reeleição.


IV
É crível que parte dos eleitores busque informações nas diferentes plataformas sobre a vida pregressa dos candidatos. No site do TSE podem ser conferidos, por exemplo, o patrimônio de cada um deles. A coluna conferiu os valores dos bens declarados pelos seis candidatos a Deputado Federal com domicílio eleitoral na região da Amau. Adacir Carlotto (PHS), R$ 3.858.220,25; André Jucoski (PDT), R$ 942.621,00; Carlos Pomagerski (PP), R$ 135.000,00; Ito Muller (PPS), R$ 201.000,00; e Paulo Polis (MDB), R$ 1.546.068,08. Não disponível os bens de Sandra Picoli (PCdoB).


V
Dos treze candidatos as Assembleias três vão buscar a reeleição: Altemir Tortelli (PT), Gilmar Sossella (PDT) e Gilberto Capoani (MDB), e seus bens declarados são: R$ 134.133,00; R$ 1.579.875,43; e R$ 2.561.757,33 respectivamente. Os bens dos demais: Abrão Martins (PSL), R$ 80.000,00; Antônio Confortin (PHS), R$ 297.920,27; Elves Palkewich (PRB), R$ 4.508.000,00; João Grando (PSD), R$ 453.402,53; Kaká Cofferi (PP), R$ 475.000,00; Lucas Farina (PT), R$ 72.423,72, Márcio Pavoni (Solidariedade), R$ 1.015.677,81; e Paparico Bacchi (PR) R$ 1.309.189,09. Dos candidatos Claudemir de Araújo (PTB) e Divaldino Pires (PSC), ainda não disponível.


Curtas:
# O projeto de lei de Diretrizes Orçamentárias, que vai nortear os investimentos do município de Getúlio Vargas em 2019 foi debatido em audiência pública.
# Presente na audiência a titular das pastas da Fazenda, Ediane Bortolotti, da Saúde, Graciele Possenti, vereadores, representantes de entidades, servidores e interessados.
# Para o próximo ano o orçamento do município que tem como patrono o ilustre filho de São Francisco de Boje é de R$ 55.537.170,39.
# O projeto de lei com as previsões orçamentárias foi protocolado na Câmara de Vereadores na quarta-feira (15).
# A vereador Deliane Assunção Ponzi (MDB) teve aprovado pedido informações sobre providências tomadas pelo Executivo em relação a contaminação dos Rios Paulo e Abaúna.

# Na mesma sessão, ocorrida na noite de quinta-feira (16) o vereador Paulo César Borgmann (PP) também teve aprovado o pedido para que seja instalada iluminação pública no loteamento Gleba A, no Bairro XV de Novembro.


Dito & Feito:
A quinta edição do Fórum Norte Gaúcho da Soja, que será realizado, mais uma vez, em Ipiranga do Sul, Berço do Plantio Direto já tem data definida: 28 de setembro. A promoção é do Sindicato Rural de Getúlio Vargas, ACCIAS, Prefeitura de Ipiranga do Sul, Emater/RS Ascar, Associação dos Engenheiros Agrônomos e Faculdade Ideau.




Contagem regressiva

Segunda-Feira, 13/08/2018 às 06:00, por Neivo A. T. Fabris

A região do Alto Uruguai gaúcho garantiu desde a primeira metade do século passado representação na Assembleia Legislativa. Para a eleição da Assembleia Estadual Constituinte ocorrida em janeiro de 1947, foram eleitos o líder cooperativista Guido Giacomazzi, o médico Raymundo Fiorello Zanin, o advogado Rodrigo Magalhães dos Santos e o bacharel Américo Godoi Ilha.

 

I I

O mesmo se deu posteriormente com as eleições de Aldo Arioli, João Caruso, Celso Testa, Firmino Girardello, Afonso Tacques, Marino Andrade, Antônio Dexheimer, Elói Zanella, Ivar Pavan e Iradir Pietroski. Os deputados Gilberto Capoani (MDB), Gilmar Sossella (PDT) e Altemir Tortelli (PT), foram eleitos, e reeleitos na última eleição. Os três parlamentares vão buscar um novo mandato para o período 2019 – 2022.

 

I I I

 Nas convenções encerradas no domingo (05), os partidos oficializaram seus candidatos a Assembleia. Dentre os que se habilitaram a disputar uma das 55 vagas de deputado estadual, 14 são da região, incluindo os três atuais: Abraão Martins (PSL), Antônio Confortin (PHS), Claudemir de Araújo (PTB), Divaldino Pires (PSC), Elves Palkewich (PRB), Ito Muller (PPS), João Grando (PSD), Kaká Cofferi (PP), Lucas Farina (PT), Márcio Pavoni (Solidariedade), e Sandra Picoli (PCdoB).

 

I V

Políticos de outros quadrantes do RS contaram em diferentes eleições com o apoio e votos na região, dando voz, tanto na Assembleia quanto na Câmara, as demandas locais. A contar do ano de 1967 pelo menos cinco lideranças da região foram eleitos ou reeleitos deputado federal: José Mandeli Filho, Henrique Pagnoceli, Odacir Klein, Arno Magarinos e Waldomiro Fioravante. Neste pleito quatro candidaturas de políticos, com domicilio eleitoral em municípios que integram a Amau, tiveram suas candidaturas aprovadas nas convenções para a Câmara Federal: Adacir Carlotto (PHS), André Jucoski (PDT), Carlos Pomagerski (PP) e Paulo Polis (MDB).

 

Curtas:

# Sete municípios da chamada Grande Getúlio Vargas inovam e em breve passam a realizar parte das obras públicas em conjunto.

# Na tarde de quarta-feira (08), em Getúlio Vargas, os prefeitos firmaram o termo de Cooperação para Gestão Associada de Serviços Públicos.

# O prefeito anfitrião Maurício Soligo (PP) recebeu os colegas Humildes Camargo (MDB-Estação), Valmor Tomazini (PPS-Erebango), Mário Luiz Ceron (PTB-Ipiranga do Sul), Orlei Giaretta (MDB-Floriano Peixoto), Edson Luiz Rossatto (MDB-Sertão), e Valdesio Della Betta (PP-Charrua).

# O objetivo do termo é a realização de serviços públicos pelos municípios convenentes com a transferência de encargos e serviços entre si, através da utilização de veículos, máquinas, equipamentos e pessoal em programas de trabalho, em atendimento a interesses recíprocos.

# Com mais de 28 meses de mandato pela frente os gestores dos sete municípios preveem um incremento nas demandas da área da infraestrutura como estradas e pavimentação asfáltica.

 

Dito & Feito:

A ex. vice-prefeita de Erechim, Ana Oliveira (MDB), foi indicada como suplente de José Fogaça (MDB), que vai disputar uma das duas vagas ao senado federal.

 




PUBLICIDADE


PUBLICIDADE