PUBLICIDADE

Colunistas


Fechando os trabalhos

Quarta-Feira, 02/01/2019 às 06:00, por Neivo A. T. Fabris

Para a última coluna de 2018 deixo a sugestão de algumas obras lidas ao longo do ano. Os títulos estão dispostos em ordem alfabética, não configurando deste modo uma classificação. O resultado do ano passado, quando pela primeira vez compartilhei com os amigos minhas leituras, me animou fazê-lo novamente.

                        A inexistência de livrarias em cidades pequenas tem sido amenizada pelo e-commerce. Grandes e pequenas livrarias estão no mercado permitindo a aquisição, sejam de lançamentos, obras esgotadas ou raras. É claro que o encantamento da livraria física, suas estandes, e a possibilidade de trocar uma ideia com o atendente ou outro comprador são imensuráveis.

                        Na mesma semana em que terminei a leitura de “O Livreiro Pedro Herz”, escrito pelo dono da Livraria Cultura, a imprensa noticiou o pedido de recuperação fiscal da tradicional empresa. A obra de Pedro Herz revela a trajetória de uma família de imigrantes judeus chegados a São Paulo no ano de 1939, e o início do empreendimento que nasceu com a chamada Biblioteca Circulante, nome dado pela sua mãe, Eva Herz, a uma pequena locadora de livros.

                        Outro gigante do mercado de livros, CDs, DVDs e eletrônicos, a Saraiva, também seguiu o caminho da concorrente e pediu recuperação judicial. Por outro lado as pequenas livrarias vão bem, obrigado. Com um público cativo, elas se mantêm e permanecem como referência nas suas cidades e bairros. Longa vida a todas elas.



 

* A Ditadura de Segurança Nacional no Rio Grande do Sul. (Volume I – da Campanha da Legalidade ao Golpe de 1964). Organizadores: Enrique Serra Padrós, Vânia M. Barbosa, Vanessa Albertinense Lopes, e Amanda Simões Fernandes. Corag.

* As sete vidas de Nelson Motta – As histórias de um repórter enquanto nossa história acontece. Nelson Motta. Editora Foz.

* Conquistadores - Como Portugal forjou o primeiro império global. Roger Crowley. Critica.

* Fernando Pessoa – Quando fui outro. Organização de Luiz Ruffato. Alfaguará.

* História do Brasil Nação – Olhando para Dentro (1930 – 1964). Coordenação Angelo de Castro Gomes. Objetiva.

* Homo Deus – Uma breve história do amanhã. Yuval Noah Harari. Companhia das Letras.

* No Hotel da Esquina Verde. Cynthia Oderich Trein. Editora São Miguel.

* Nomes que fizeram a imprensa Gaúcha (Volume IV). Diretor Júlio Ribeiro. Athos Editora.

* O Livreiro Pedro Herz. Pedro Hertz. Planeta.

* O olhar de Borges – Uma biografia sentimental. Solange Fernandez Ordónez. Autêntica.

* Todos os Contos. Clarice Lispector. Rocco.

* Um Castelo no Pampa – Perversas Famílias (Volume. I). Luiz Antônio de Assis Brasil. Mercado Aberto.

* Um Castelo no Pampa – Pedra da Memória (Volume II). Luiz Antônio de Assis Brasil. LPM.

* Um Castelo no Pampa - Senhores do Século (Volume III). Luiz Antônio de Assis Brasil. Mercado Aberto.



Que o amor, a paz e a sabedoria, estejam em nossas vidas durante o próximo ano.  




Ponto de Vista

Quarta-Feira, 26/12/2018 às 06:00, por Neivo A. T. Fabris

Ponto de vista

A prorrogação das atuais alíquotas do ICMS por mais dois anos foi à primeira batalha vencida pelo governador Eduardo Leite (PSDB), que será empossado dentro de oito dias. A decisão dos integrantes do Palácio Farroupilha também garantiram aos prefeitos do RS mais R$ 700 milhões, que vão ajudar no equilibro das contas em 2019.

 

I I

Na contagem regressiva para o encerramento do exercício 2018, o segundo ano dos atuais prefeitos, pelo menos 1/3 dos 497 municípios gaúchos não vão conseguir quitar todos os seus compromissos. Ademir Sakrezenski (MDB), prefeito de Ponte Preta e presidente da Amau atesta que nos últimos anos as receitas não acompanham as despesas.

 

I I I

Os municípios de Getúlio Vargas, Estação, Erebango, Ipiranga do Sul, Sertão, Floriano Peixoto e Charrua estão entre os que devem fechar as contas. Os recursos da folha de dezembro e a última parcela do 13º salário foram contingenciados. Um prefeito revelou a este escriba que o controle de gastos desde o início da gestão tem sido determinante para manter as contas no azul.

 

I V

As obrigações transferidas aos municípios nos últimos anos sem a contrapartida estão entre as causas da crise financeira. Números da Famurs revela que somente na área da saúde o Governo do Estado deve aos municípios cerca de R$ 650 milhões. A antecipação da cota única do IPVA de 2019 com desconto máximo para o próximo dia 28 vão minimizar as dificuldades das cidades e do tesouro do Estado. 

 

V

Pesquisa realizada com mais de 300 gestores permite traçar um perfil da situação dos municípios. Sobre o fechamento das contas em 2018 62% responderam que sim e 38% não. O 13º salário foi antecipado em 29% dos municípios, 69% quitados no prazo, e 2% vão atrasar. Medidas de economia foram adotadas por 79% dos prefeitos gaúchos.

 

V I

Dentre as medidas tomadas os prefeitos apontaram: redução nas despesas administrativas (72%); restrição de viagens e cursos (69%); corte de horas extras e diárias (65%); corte de serviços (41%); corte de publicidade (40%), e contingenciamento orçamentário (38%). Ainda: redução no número de função gratificada (29%), e redução da jornada de trabalho (27%).

 

Curtas:

# Nove projetos de lei, três pedidos de providência, uma moção e um decreto legislativo entraram na puta da sessão realizada na Câmara de Vereadores de Getúlio Vargas na noite de quinta-feira (20).

# O Projeto 007/18 do Legislativo instalado na esquina Borges/Leão, fixou os subsídios do prefeito e vice-prefeito, dos vereadores e secretários para a legislatura 2021 – 2024.

# Os servidores da Secretaria Municipal da Saúde e Assistência Pública, de Getúlio Vargas participaram recentemente de um café da manhã.

# A equipe, que é liderada pela secretária Graciele Possenti, foi agraciada com uma palestra realizada por Márcio Zimmermann.

# O consultor do Senar abordou a temática “Eu, Família e Trabalho em Tempos de Mudanças”, assistida também pelo prefeito Soligo e o vice-prefeito Pasa.

# Com 25 votos favoráveis e 13 contrários a Assembleia Legislativa aprovou o Projeto de Lei 192/18, que altera a Lei que proíbe a comercialização e consumo de bebidas alcoólicas nos estádios e ginásios esportivos do RS.

# O projeto do deputado Gilmar Sossella (PDT) atende uma reivindicação dos clubes de futebol e contraria a posição do Ministério Público e da Brigada Militar.

# O promotor Márcio Bressani, da Promotoria do Torcedor, alertou que a liberação do consumo de bebida alcoólica poderá ter um possível “desfecho trágico”.

 

Com foto

Na última segunda-feira (17), o Tribunal de Contas do Estado (TCE-RS) realizou a sessão especial de eleição e posse da administração do órgão em 2019. O conselheiro Iradir Pietroski foi reconduzido à presidência do TCE-RS. Os conselheiros Estilac Xavier e Cezar Miola também foram reeleitos 1º e 2º vice-presidentes, respectivamente. 

 




Relevante

Segunda-Feira, 17/12/2018 às 07:00, por Neivo A. T. Fabris

I
O Troféu Destaque Econômico de Getúlio Vargas tem sido ao longo dos anos o ponto alto da programação alusiva à emancipação do município. Sua primeira edição ocorreu em 1991, no Cine Teatro Vera Cruz, que naquele período abrigava o Centro Municipal 18 de Dezembro. No quadriênio 1989 – 1992, o município foi governado pelo prefeito Milton Ênio Serafini.

II
As 700 cadeiras da saudosa sala de projeção, e ainda todas as acomodações do mezanino foram ocupadas pelos empreendedores agraciados com o Troféu, seus familiares, autoridades e o público. Um audiovisual, produzido para a ocasião, foi exibido, destacando o potencial econômico. O DVD, produzido pelo jornalista Ademar Costa, então assessor de imprensa do governo local, integra o acervo do Instituto Histórico.

III
Neste dezembro, quando estão sendo comemorados os 84 anos do município, o Troféu Destaque Econômico chegou a sua 28ª edição. A solenidade, conduzida pelos integrantes da mesa diretora da Câmara de Vereadores, compartilhada com o executivo, foi realizada na noite de quinta-feira (13), no Centro de Eventos 4F, no Parque Industrial.

IV
Além dos setores de prestação de serviço, produção primária, comércio e indústria, que pontearam no exercício 2017 a geração de impostos, três projetos inovadores também foram agraciados. Para o comércio e serviços a CDL indicou neste ano a Construmil; para a indústria a ACCIAS escolhei a Marcenaria Bündchen; e para o projeto inovador produção primária o Escritório Municipal da Emater apontou Volmar Reginatto.

Curtas:
# Na última sessão do na. programada para a próxima quinta-feira (20), serão eleitos os integrantes da mesa legislativa para o terceiro ano da legislatura.
# O nome do sucessor do vereador Aquiles Pessoa da Silva (PP) na presidência está sendo guardado a sete chaves.
# Com certeza absoluta o poder legislativo instalado na esquina da Borges/Leão continuara sendo presidido por um integrante da bancada governista.
# A sessão da Câmara de Vereadores de Erechim ocorrida no dia 10 mereceu destaque na imprensa.
# Contribuintes realizaram um protesto silencioso contra iniciativa do legislativo que pretende migrar da TV fechada para aberta.
# O grupo portava cartazes pediam a revisão e a revogação do projeto que poderá custar mais de R$ 1,2 milhão aos cofres públicos.
# Para colocar no ar o canal aberto de TV o poder legislativo da Capital da Amizade vai precisar adquirir e instalar equipamentos com tecnologia digital.
# É crível que também vai precisar abrir concurso público para a contratação de operadores para os equipamentos.
Dito & Feeito:
O gabinete do deputado Gilberto Capoani (MDB) tem sido o porto seguro dos prefeitos e vereadores do interior. O gabinete do parlamentar, reeleito para a legislatura 2019 – 2020, está sempre aberto, independente da filiação partidária.




Fontes em off

Domingo, 16/12/2018 às 07:00, por Neivo A. T. Fabris

Recesso Museus
O recesso de final de ano do Museu de Artes Visuais Ruth Schneider (MAVRS) e o Museu Histórico Regional (MHR), ligados à Vice-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários da Universidade de Passo Fundo (VREAC/UPF), tem início no dia 19 de dezembro e se encerra no dia 1º de janeiro de 2019. O público poderá visitar o MAVRS e MHR a partir do dia 2 de janeiro, de terça a sexta-feira, das 8h30 às 17h30, sábados e domingos das 13h30 às 17h30, na Av. Brasil Oeste, 758, centro de Passo Fundo.


Insalubridade
O projeto que regulamenta o trabalho de gestantes e lactantes em locais insalubres também pode ser votado pelo Plenário nesta terça-feira (18). O PLS 230/2018 foi aprovado pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) com emenda que garante o pagamento de adicional de insalubridade tanto na situação em que a mulher seguir trabalhando quanto na hipótese de se afastar durante a gestação ou a amamentação. Nos casos em que for impossível o trabalho a gravidez será considerada de risco e a empregada receberá o salário-maternidade. Quando o nível de insalubridade for de grau médio ou mínimo, será permitido o desempenho do trabalho se a empregada, voluntariamente, apresentar atestado de saúde assinado por médico de trabalho que autorize a atividade.

Bibliotecas UPF
A Rede de Bibliotecas da Universidade de Passo Fundo (UPF) estendeu o período de empréstimos. A iniciativa tem como objetivo incentivar a leitura no período de férias. Dessa forma, todos os materiais retirados a partir do dia 10 de dezembro poderão ser devolvidos até 21 de fevereiro de 2019.

INSS
Condenados por violência doméstica e familiar contra a mulher podem ser obrigados a ressarcir os cofres da Previdência Social por benefícios pagos em decorrência desse crime. Projeto com esse objetivo está na pauta da Comissão de Assuntos Sociais (CAS).O PLS estabelece que Previdência Social poderá ajuizar ação regressiva contra os responsáveis por esse tipo de delito após o trânsito em julgado (fim da possibilidade de recursos) da sentença. O texto também estabelece que esse ressarcimento aos cofres públicos não exclui a responsabilização civil de quem praticou violência doméstica e familiar contra a mulher.

CREATI
O Centro de Referência e Atenção ao Idoso (Creati), vinculado à Vice-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários da Universidade de Passo Fundo (VREAC/UPF), promoveu a Campanha Natal Solidário. Ao longo deste mês, os integrantes do Creati arrecadaram diversos donativos, como alimentos e produtos de higiene, que foram entregues na sexta-feira (14), ao Lar da Vovó e ao Lar Nossa Senhora da Luz. Mais de 400 itens foram entregues às instituições, demonstrando o carinho e a solidariedade dos estudantes do Creati.

CIPAVE

O Programa Comissões Internas de Prevenção de Acidentes e Violência Escolar (Cipave), da Secretaria da Educação (Seduc), está com mais um jogo virtual para incentivar os jovens a combater a violência. Agora, o As Aventuras da Cipave (game de passar de fases) mostra os desafios da centopeia, símbolo do programa, para vencer o mostro do bullying. Elaborado em parceria com a empresa MSTech, o espaço virtual pode ser jogado no computador ou no aplicativo e está disponível no Google Play, App Store e no site da Cipave. O game tem a proposta de proporcionar aos estudantes mais informações sobre a prevenção de acidentes, bullying e cidadania de forma educativa e divertida. São várias fases cheias de armadilhas, plataformas, rampas e muitos desafios.


Reforma Psiquiátrica
A Universidade de Passo Fundo (UPF) recebeu na quinta-feira (13), o lançamento do livro “25 anos da lei da Reforma Psiquiátrica no Rio Grande do Sul”. O evento ocorreu no auditório do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH), Campus I da UPF. A obra é uma produção da Comissão de Saúde e Meio Ambiente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, que contou com a colaboração de diversos autores.Obra conta com a contribuição de diversos autores que apresentam relatos e estudos sobre a história e os desafios no atendimento à saúde mental. A abordagem do texto se deu no contexto de uma proposta de uma política de saúde mental inclusiva, que trata as pessoas como sujeitos de direitos.

Direitos Humanos

Os alunos do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu – PPGD da IMED lançaram dois livros em forma de coletânea de artigos científicos, que foram produzidos a partir das pesquisas realizadas ao longo do mestrado com os temas centrais “direitos humanos” e “globalização”. A obra“Direitos Humanos Contemporâneos” é o resultado teórico dos estudos desenvolvidos pelos discentes do PPGD e demonstra uma pesquisa séria e comprometida com problemáticas jurídicas importantes: os Direitos Fundamentais na atualidade. Já a obra "A globalização e a garantia dos Direitos Sociais no Século XXI" possibilitará a todos os leitores uma visão ampla dos mais diferentes assuntos sociais atuais, elencados em ambos os livros.




Faltou pouco

Segunda-Feira, 03/12/2018 às 06:00, por Neivo A. T. Fabris

A expectativa de o Alto Uruguai gaúcho em eleger um deputado federal não logrou êxito em sete de outubro. Os esforços da direção regional do MDB na candidatura de Paulo Polis, que após ter sido eleito e reeleito prefeito de Erechim, trocou o PT pelo MDB, não foram suficientes. O ex. prefeito da Capital da Amizade ficou na segunda suplência.

 

II

Na disputa ao Piratini no segundo turno, as principais lideranças do MDB utilizaram as redes sociais pedindo votos a José Ivo Sartori (MDB), derrotado por Eduardo Leite (PSDB). Dentre os argumentos, em prol da reeleição de Sartori, a possibilidade de Polis chegar já em fevereiro de 2019 à Câmara, com a nomeação de deputados no primeiro escalão do governo do Estado.

 

III

O convite feito na quarta-feira (28) pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), ao deputado federal Osmar Terra (MDB), para integrar o futuro governo como Ministro da Cidadania ascendeu uma luz no fim do túnel. Primeiro suplente da bancada do MDB/RS na Câmara Federal para a legislatura 2019 - 2022, o deputado Darcisio Perondi (MDB) vai ocupar a vaga do correligionário e Polis passa de segundo para primeiro suplente.

 

IV

Vice-líder e integrante da tropa de choque do presidente Michel Temer (MDB), Perondi teve grande visibilidade na imprensa. Nem a vitrine na mídia e tão pouco as inúmeras emendas destinadas a municípios garantiram os votos necessários para a reeleição. O ex. prefeito de Ijuí contabilizou nessa eleição minguas 38.819 votos.

 

V

O ex. prefeito de Erechim recebeu 37.012 votos, 1.807 votos a menos do que Perondi. Numa conversa durante a campanha Paulo Polis disse a este escriba que esperava receber ao menos três mil votos no município de Getúlio Vargas. Ele recebeu 2.520 votos nos seis municípios da 70ª Zona Eleitoral: Getúlio Vargas 1.002, Estação 584, Erebango 183, Ipiranga do Sul 371, Sertão 268, e Floriano Peixoto 106.  

 

Curtas:

# Nos dias 29 e 30 de novembro o  prefeito Maurício Soligo (PP) participou do curso “Lideranças e Ações de Governo”, promovido e financiado pela Fundação Milton Campos.

 # O curso aconteceu na Fundação Getúlio Vargas, em São Paulo, e o convite para participar desta capacitação foi da Senadora Ana Amélia Lemos (PP).

# O município de Estação recebeu nota máxima no Programa de Integração Tributária ao lado de outros três municípios do RS.

# O destaque é resultado do trabalho realizado pelo setor de tributos e Programa Municipal de Educação Fiscal de Estação, junto as escolas e comunidade.

# O prefeito de Erebango gravou um vídeo nesta semana junto a ERS-135, aonde a EGR deverá construir o trevo de acesso a sede do município.

# Dentre os argumentos de Tomazini (PPS), a espera de mais de três décadas pela obra e o grande fluxo de veículos pela rodovia o que dificulta e coloca em risco os motoristas.

# Há menos de duas semanas o chefe do executivo erebanguense recebeu o projeto da obra e a promessa que a mesma seria realizada em 2018.

 

 Dito & Feito:

A ex. prefeita Cirilde Braciak (PP), de Estação, declinou do convite recebido para assumir a Secretaria Municipal de Educação. O assunto dominou a rádio corredor nos últimos dias, e a cópia da missiva, devidamente protocolada no paço municipal, compartilhado na rede. 






PUBLICIDADE