PUBLICIDADE

Colunistas


Ponto de vista

Segunda-Feira, 26/03/2018 às 06:00, por Neivo A. T. Fabris

Neste primeiro trimestre de 2018 todos os caminhos conduzem ao Planalto Central. Os prefeitos, que já cumpriram pouco mais de ¼ de seus mandatos, sabem que este é o momento adequado para obter recursos através de emendas parlamentares. Os 31 deputados federais e os três senadores da bancada gaúcha no Congresso se valem deste mecanismo para fidelizar a relação com seus correligionários. E também garantirem os votos para a reeleição. Mas está pratica, institucionalizada, e que colocam em vantagem os parlamentares em relação aos que buscam a primeira eleição, está próximo do fim.


I I
A contar da eleição de 2022, quando a nação retornar as urnas para eleger os deputados federais e estaduais estará vigorando o voto distrital misto. Pela nova modalidade, os eleitores vão votar duas vezes: uma delas individualmente, em um candidato de seu distrito; a segunda, em uma lista elaborada pelos partidos. No RS é provável que o Estado seja dividido em 15 distritos. Cada um dos distritos elegerá um deputado Os outros 15 sairão das listas dos partidos. A mudança colocará um ponto final nos currais eleitorais. E também na pulverização das emendas. A fórmula vai estrear em 2020 nos municípios com mais de 200 mil eleitores.


I I I
A proximidade do deputado de seu eleitorado é uma das inúmeras vantagens do voto distrital misto. Sua atuação parlamentar será seguida de perto pelos eleitores que saberão para quem pedir e com quem reclamar. O custo da eleição será infinitamente menor. As convenções que vão oficializar as candidaturas para as eleições de outubro nem ocorreram, mas o tema já vem sendo abordado. O MDB do Alto Uruguai já fechou com a candidatura de Paulo Polis a Câmara. Nos roteiros que realiza pela região o ex. prefeito e o deputado estadual Gilberto Capoani (MDB) estão enfatizando a mudança na legislação eleitoral.

 
I V
Em Erechim, maior colégio eleitoral da Amau, toma corpo um movimento pela eleição de um representante da região para a Câmara. Na quarta-feira (21), durante visita aos veículos de comunicação de Getúlio Vargas, Polis e Capoani lembraram que o último deputado federal eleito da região foi Valdomiro Fioravante (PT).  O assunto ganha destaque a cada quatro anos. É difícil saber se terá o efeito esperado e arrefecer o envolvimento das lideranças partidárias nas campanhas dos deputados que destinaram nos últimos anos emendas aos seus municípios. Na próxima legislatura que inicia em 2019 os deputados federais vão concentrar suas emendas às cidades que farão parte do seu futuro distrito eleitorais.
 
Curtas:
# No dia em que completou 26 anos de emancipação o município de Charrua inaugurou seu centro administrativo.

 

# A solenidade foi realizada na tarde de terça-feira (20) e a comunidade, autoridades e convidados foram recebidos pelo prefeito Valdesio Roque Della Betta (PP) e o vice-prefeito Luiz Carlos Franklin da Silva (PP).

 

# Presentes ao evento: deputado estadual Gilberto Capoani (MDB), presidente da Amau Ademir Márcio Sakrezenski (MDB), procurador do Estado do RS Rodinei Candeia (PP), ex-deputado federal Vilson Covatti (PP), entre outros.

 

# Com 775 m² o Centro Administrativo de Charrua possui dois pisos e o valor do investimento foi de pouco mais de R$ 1 milhão, sendo R$ 700 mil financiados pelo Badesul e o restante com recursos da municipalidade.

 

# Sete de Setembro, posteriormente Charrua, foi distrito de Getúlio Vargas de 1934 a 1955, quando passou a integra o recém criado município de  Tapejara.

 

# Sua emancipação ocorreu em 20 de março de 1992, ano em que outros 29 distritos do RS foram elevados a município.

 

Dito & Feito:
Já está definida a programação do IV Fórum Norte Gaúcho do Trigo que acontece em Estação – Vista Alegre -, no dia 27 de abril.. O evento é direcionado a produtores rurais, técnicos agrícolas, engenheiros agrícolas e estudantes. 




A conta gota

Segunda-Feira, 19/03/2018 às 06:00, por Neivo A. T. Fabris

Notícia divulgada esta semana com destaque dá conta que “o presidente da República, Michel Temer (MDB) está liberando R$ 2 bilhões para os municípios brasileiros investirem em saúde, educação e assistência social”. Todo e qualquer recursos são benvindos para cada um dos 5.570 municípios distribuídos nas vinte e sete unidades da federação. O grosso do atendimento nas três áreas é realizado nos municípios, justamente o ente menos aquinhoado com o robusto bolo tributário.


I I
Antes de registrar o montante que será recebido pelos 32 municípios da Amau, é oportuno observar que a Constituição Cidadã completa 30 anos no dia cinco de outubro. Em três décadas foram inúmeros os movimentos pela reforma tributária. Nas marchas dos prefeitos e suas entidades ao planalto central o assunto é retomado. O pacto federativo, arguido com frequência, não vai além da retórica. Na mesma proporção em que os impostos são elevados os serviços públicos encolhem e perdem a qualidade.

 
I I I
De acordo com a Lei assinada pelo inquilino do Palácio Jaburu e publicada no Diário Oficial da União de terça-feira (13), R$ 1 bilhão será para a saúde, R$ 600 milhões para a educação, e R$ 400 milhões para assistência social. Erechim, o maior município da região vai receber R$ 845 mil; Getúlio Vargas o segundo mais populoso R$ 264 mil. Para cada um dos 30 municípios restantes R$ 158 mil, totalizando R$ 5,84 milhões. Na campanha eleitoral que se avizinha é crível que a “bondade oficial” será lembrada.
 
Curtas:
# Depois do prefeito Maurício Soligo (PP), de Getúlio Vargas, será a vez do prefeito Luiz Francisco Schmidt (PSDB), de Erechim, visitar a direção da Havan.


# Na companhia de Altemir Barp, secretário de Desenvolvimento Econômico e do vereador Claudemir de Araújo (PTB), o prefeito fará o convite para que a empresa instale uma de suas lojas na Capital da Amizade.


# O encontro está agendado para esta segunda-feira (19) na matriz da Havan, em Brusque/SC.


# O deputado federal Alceu Moreira (MDB) atendeu pedido da bancada do seu partido na Câmara de Vereadores de Ipiranga do Sul e indicou uma emenda de R$ 150 mil para a saúde.


# Diante da impossibilidade dos recursos serem utilizados pela municipalidade os vereadores pediram que o mesmo fosse relocado para o Hospital São Roque.


# Na manhã de quinta-feira (15) os vereadores e dirigentes do MDB de Ipiranga do Sul foram recebidos por Clóvis Dall’Agnol e Cláudio Santolin, diretor presidente e diretor superintendente da casa de saúde.


# Há poucos dias o hospital filantrópico de Getúlio Vargas foi contemplado com outra emenda de R$ 100 mil do deputado federal Luiz Carlos Heinze (PP).


# Em 2018 já somam R$ 500 mil os recursos de emendas ao São Roque, valores que estão sendo aplicados na compra de instrumentais e equipamentos.


# As outras duas emendas foram indicadas pelos deputados, Giovani Feltes (MDB), através do gabinete do deputado José Fogaça (MDB), e Marco Maia (PT).


Dito & Feito:
Os vereadores Tharles Simioni (PPS), presidente da Câmara de Sertão, e Alexandre Didone (PSB), estiveram na quarta-feira (14) em Porto Alegre. Na companhia de Lauro Auler, assessor jurídico da Câmara, cumpriram agenda em diversas secretarias de Estado na busca de soluções às demandas locais. No Palácio Farroupilha foram recebidos pelo deputado Gilberto Capoani (MDB).




Quebrando paradigmas

Segunda-Feira, 12/03/2018 às 06:00, por Neivo A. T. Fabris

Ao trocar o feriado municipal alusivo à emancipação do município pelo dia do padroeiro, Erechim segue o exemplo de Getúlio Vargas. Criado por força de lei no dia 30 de abril de 1918 a Capital da Amizade se prepara para celebrar seu primeiro centenário. A Câmara de Vereadores instalada nas proximidades da Praça da Bandeira aprovou pela maioria o projeto que antecipa o feriado para o dia 19 de março, dia de São Pedro. Neste e no próximo ano o feriado continuará sendo realizado no dia 30 de abril, entrando em vigor apenas em 2020.

 

I I

 

Não faltaram argumentos para o convencimento dos vereadores que também sofreram a pressão do funcionalismo público e dos sindicatos. Além do impacto econômico o fato do feriado municipal anteceder o 1º de maio, alusivo ao dia do trabalho, pesou na decisão. Capitaneados por Fabio Vendruscolo, presidente da Associação Comercial, Cultural e Industrial de Erechim (Accie), empresários de diferentes segmentos lotaram a sala de sessões da Câmara de Vereadores para acompanhar a votação. Foram mais de duas horas de intenso debate até a aprovação do projeto.

 

I I I

 

Resistências à mudança também ocorreram em Getúlio Vargas. Feriado municipal a uma semana do Natal e duas do Ano Novo se tornou contraproducente. A troca do 18 de dezembro pelo 24 de março, dia do ano de 1935 quando ocorreu no Clube Aliança à solenidade de instalação do município e a posse do primeiro prefeito, chegou a ser aventada. Prevaleceu o 08 de dezembro, dia da padroeira Imaculada Conceição. Incorporada ao calendário oficial a efeméride e celebrada com uma extensa programação religiosa, cultural e gastronômica.

 

Curtas:

# Na noite de quinta-feira (08) a Câmara de Vereadores aprovou o projeto de lei que reajusta em 3% os vencimentos dos servidores do poder executivo, aposentados e pensionistas de Getúlio Vargas.

 

# De igual modo o projeto legislativo 001/18 que concede o mesmo índice de 3% para os subsídios do prefeito, vice-prefeito, secretários e vereadores.

 

# Entraram na pauta outros doze projetos de Lei e na mesma sessão foram concedidos três prêmios de Mulher Cidadã.

 

# Foram agraciadas com a condecoração do legislativo a jornalista e professora Anissara Zir, a professora aposentada Marlei Turski e a senhora Terezinha dos Santos de Martini.

 

# O prefeito Maurício Soligo (PP) fez um intervalo das férias para uma reunião com o diretor de expansão da Havan na cidade de Brusque SC.

 

# Na companhia de Ronaldo Delfino, diretor da Accias e integrante da Câmara Técnica de Investimento do Prodege, Soligo ofereceu uma área para a instalação da empresa em Getúlio Vargas.

 

# Eles convidaram Nilton Hang e Luciano Hang, diretor de expansão e presidente da Havan, respectivamente, para visitarem o município e conhecerem suas potencialidades.

 

# Em recente estada em Porto Alegre o proprietário da rede catarinense de lojas de departamento anunciou ao governo do Estado a intenção de abrir 50 lojas no RS nos próximos anos.

 

# A rede, conhecida pelas réplicas gigantes da Estatua de Liberdade projeta também construir quatro Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) em solo gaúcho.

 

Dito & Feito:

O Oftalmologista Cláudio Silveira, de Erechim, foi agraciado no dia 1º de março em São Paulo coma Medalha de Ouro Moacyr Álvaro (maior líder de toda a história da Oftalmologia Latino Americana). Referência mundial em Toxoplasmose a indicação do seu nome foi aprovado por unanimidade. Essa premiação é considerada uma das maiores condecorações da Oftalmologia no continente.




Invertendo a ordem

Segunda-Feira, 05/03/2018 às 06:00, por Neivo A. T. Fabris

O pré-candidato do PDT ao governo do Estado cumpriu roteiro pelos municípios do Alto Uruguai na semana passada. Ex-prefeito de Canoas e jornalista, Jairo Jorge iniciou ainda em novembro o périplo pelo RS e até a semana passada já havia estado em 368 cidades. Partindo da premissa que quem pretende ser governador precisa conhecer o Rio Grande do Sul na palma da mão, o pré-candidato e comitiva pretendem percorrer todos os 497 municípios da unidade mais meridional do Brasil até o mês de maio.


I I 
Na coletiva concedida em Erechim na segunda-feira (26) o pré-candidato ao Piratini deu destaque à proposta de regionalizar o governo em conformidade com os Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes). Jairo Jorge explicou que a ideia é abrir um escritório de governo em cada uma das regiões, com um secretário da terra. A descentralização está em curso desde 2003 em Santa Catarina. A iniciativa do então governador Luiz Henrique da Silveira (PMDB) foi tão bem sucedida que vem sendo mantida para cima do Uruguai e do Mampituba.
 
I I I
O ex. prefeito de Canoas, que trocou o PT pelo partido criado por Leonel Brizola afirmou aos profissionais da imprensa que o gestor de cada um dos escritórios regionais de governo deverá ser os olhos, os ouvidos e a voz do governador nos municípios. Ainda sobre a proposta, disse que as sextas-feiras e sábados serão de visitas pelas 28 regiões. Exemplificou que a cada semestre a sede do governo será transferida da Capital para as regiões para ouvir os prefeitos, vices, vereadores, lideranças e a população.


I V
O novo modelo de governança apresentado pelo pré-candidato ao governo estadual quer por um fim as constantes viagens dos gestores e legisladores municipais, bem como dos dirigentes de entidades empresariais e sindicais a Porto Alegre A agenda culminou com o seminário de debates “RS Tem Solução”, realizado na noite de quarta-feira (28), na Câmara de Vereadores de Erechim. Alencar Loch e o deputado Gilmar Sossella, coordenador regional do PDT e líder da bancada na Assembleia, acompanharam Jairo Jorge.


Curtas:
# Nada como ano eleitoral para que as respostas às demandas da região passem da fase do diálogo para a ação.
# Na terça-feira (27) deputado Alceu Moreira (PMDB) tratou com o diretor-geral do DNIT sobre a pavimentação da Transbrasiliana.
# O parlamentar obteve de Valter Casimiro a garantia que em maio será publicada a autorização para abertura de licitação do projeto.
# Há exatos dois anos era lançado numa solenidade em Ipiranga do Sul o Comitê Executivo Pró-Conclusão da Obra da BR-153.
# Neste período o Comitê realizou inúmeras ações, um abaixo assinado, audiências públicas e diversas viagens ao Planalto Central.
# E por falar em obras o prefeito Valmor Tomazini (PPS) retornou da capital na quarta-feira (28) com boas novas para Erebango e região.
# Tomazini obteve do Diretor Geral do Daer e do Secretario Chefe da Casa Civil do governo do Estado o compromisso da realização de obras de recuperação da estrada que liga Estação e Erebango.
# Os 8,4 Km da VRS-828 estão deteriorados, com buracos, elevações e praticamente sem sinalização, colocando em risco os usuários.
 
Dito & Feito:
No comando administração do município de Getúlio Vargas durante as férias do titular, o vice-prefeito Elgido Pasa (PP) tem acompanhado de perto as ações das secretarias. Na quinta-feira (01) percorreu as frentes de trabalho da Secretaria de Obras.




Para encerrar 2017

Terça-Feira, 02/01/2018 às 06:00, por Neivo A. T. Fabris

Na contagem regressiva para o décimo oitavo ano do século XXI o sentimento é do dever cumprido. Praticamente todas as ações empreendidas ao longo deste ano, e dos anteriores, foram coletivas para este escriba. Editar um semanário, escrever matérias e colunas, ministrar aulas na rede pública de ensino, integrar a direção do Instituto Histórico e Geográfico de Getúlio Vargas, são algumas das atividades combinadas de muitas pessoas. Na última coluna do ano compartilho o pacote completo de livros lidos nos últimos doze meses, essa sim uma atividade solitária. Os títulos estão listados em ordem alfabética, não configurando uma avaliação. Se inspirar a leitura de pelo menos um dos títulos terá valido a pena.

 

Feliz Ano Novo!

Que o amor, a paz e a sabedoria, permaneçam em nossas vidas em 2018.

 

A Tenda Branca, de Salus Loch

A turma que não escrevia direito, de Marc Weingarten

Charles Bukowski vida e loucuras de um Velho Safado, de Howard Sounes

Contos de imaginação e mistério, de Edgar Allan Poe

Epopeia de emigrantes, de Egidio Dall’Agnol

Filho da revolução, de Luís Manuel Garcia

Frida: a biografia, de Hayden Herrera

História da Riqueza no Brasil, de Jorge Caldeira

Liberdade por um fio, de João José Reis e Flávio dos Santos Gomes

Não contem com o fim do livro, de Umberto Eco e Jean-Claude Carrière

O Brasil entre a ditadura e a guerra civil (1961), de Paulo Markun e Duda Hamilton

O homem com assas, de Arthur Japin

O homem que amava os cachorros, de Leonardo Padura

O Planalto e a Estepe, de Pepetela

Os fuzis e as flechas, de Rubens Valente

Os Judeus que construíram o Brasil, de Anita Novinski e outras

Os paradoxos da Revolução Russa, de Paulo Fagundes Visentini




PUBLICIDADE


PUBLICIDADE