PUBLICIDADE

Colunistas


Alienação parental

Terça-Feira, 18/02/2020 às 07:00, por Saul Spinelli

Tema importante a ser debatido pela sociedade em todos os espaços possíveis, pois tem causado situações desastrosas às nossas crianças e adolescentes em todo o Brasil. Lamentável o quanto os pais e familiares utilizam as crianças para atingir os ex-companheiros (as). Triste, muito triste, que as pessoas não entendam que isto além de crime, muitas das vezes é irreversível nas vidas dos seus filhos.

 

Alienação parental II
A falta de diálogo é o principal ator desta desestrutura familiar, pois tanto a mãe quanto o pai se sentem proprietários dos filhos e querem que os mesmos nutram os mesmos sentimentos de rancor pelos seus ex-companheiros.

 

Alienação parental III
O pior é que os Advogados nem sempre possuem o sentimento de colocar seus clientes a raciocinar e ver que os maiores prejudicados não são os ex-companheiros e sim os filhos. Neste momento trata-se de pessoas e pessoas inocentes e indefesas e não de patrimônio. Tratar este assunto com responsabilidade é com certeza ter maturidade e respeito com os seres humanos que dependem da gente e no caso dos Advogados, honrar o juramento que fizeram.

 

Judiciário
E desta forma o Judiciário passa a ter que decidir pelos pais, ou seja, fazer intervenções necessárias para colocar o mínimo de ordem nas relações que um bom diálogo poderia resolver. O Juiz por mais boa vontade que tenha e até mesmo conhecimento não consegue enxergar o que acontece dentro dos lares e até mesmo nas reais ações dos pais. Os juízes tentam na maioria das vezes defender as crianças e adolescentes daqueles que deveriam protegê-las.

 

Judiciário II
Alienação parental nem sempre é descoberta na primeira, e digo com muita tranquilidade em algumas situações quando se avaliam os prejuízos as crianças já passaram da adolescência, então os pais devem pensar e refletir nas falas e atitudes com seus filhos, pois no futuro a repulsa da prole é resultado do que se fez na infância.

 

Conselho Tutelar
As críticas são normais, mas gostaria que as pessoas que opinam sobre este órgão olhassem os inúmeros casos de violência dos direitos das crianças e adolescentes registrados diariamente. Não me refiro a discussões, castigos e tapinhas na “bunda”. Me refiro a abusos sexuais e ataques físicos que deixam as crianças espancadas e internadas no hospital. Nestes casos que, repito, não são poucos, o Conselho Tutelar de Passo Fundo tem sido um dos melhores do Brasil e mostra a defesa incondicional de nossas crianças.

 

Conselho Tutelar II
Porém, em outros casos infelizmente, o Conselho é usado pelos pais para se atacarem e desta forma plantam mentiras com acusações falsas com intuito de prejudicar os ex-companheiros. Triste realidade das famílias que são competentes para dotar seus filhos de bens de consumo, mas incompetentes para dar amor, exemplos e limites.

 

Rede de proteção
Urge a luta para fortalecermos a rede de proteção com psicólogos e assistentes sociais para que estes assuntos, verdadeiros ou não, tenham avaliação imediata e, com isto, os encaminhamentos necessários para as nossas crianças e adolescentes. Deixarmos todo este fardo para o Judiciário é de fato um caminho que não poderá solucionar de forma adequada todos os casos que tem surgido devido à falta de diálogo.

 

Pensamento: Infelizmente os filhos não escolhem os pais, ou seja, os casais se escolhem e depois da separação a consequência disto acaba por prejudicar aqueles que não tiveram escolhas.

 




Respeito

Terça-Feira, 11/02/2020 às 07:00, por Saul Spinelli

Infelizmente os ataques nas redes sociais crescem a cada dia e não é somente na área política, basta uma postagem em facebook ou Instagram para que as pessoas se achem no direito de criticar, discordar e ofender. Muito triste por ver ainda o compartilhamento de notícias mentirosas que as pessoas sequer se dão ao trabalho de conferir a fonte.

Respeito II
Se querem pensar, criticar e opinar façam nos seus perfis, pois é falta de respeito se achar no direito de ofender as pessoas em postagens que são direitos individuais de cada um.

Política
Muitos criticam políticos e grande parte com razão, mas o que devemos reforçar sempre que as eleições existem para que a população faça a sua parte, ou seja analisar, comparar e votar. Desta forma, é possível demitir os políticos que não trabalham.

Eleição
Direção de escola, sindicatos, associações de moradores síndicos e muitos outros espaços, quem decide é a população. São os votos das pessoas que elegem e também demitem destes espaços nos momentos oportunos. O que não podemos é nos isentar de escolher e sermos criteriosos.

Câncer
O combate ao câncer é uma tarefa diária e difícil, pois trata-se de dramas familiares que envolvem muitos sentimentos. Nesta ação, o mais importante com certeza é a organização e foco nos projetos para que os atendimentos reivindicados estejam de acordo com o sistema todo. Em conversa com o Presidente do ICI – Instituto do Câncer Infantil, Dr. Algemir Brunetto, recebi uma aula de organização e planejamento que me fez repensar em algumas pautas que parecem ser urgentes, mas ao final vemos que olhando o todo não são. Obrigado Dr. Brunetto, pois com certeza planejar é o mais importante para garantir investimentos e resultados. A luta pela vida não pode parar.

Pablo Santiago
Este amigo é um visionário e todas as nossas conversas sobre combate ao câncer infantil resultaram em lutas e conquistas. Agora estamos tratando do rastreamento da mutação P53 em crianças recém-nascidas e com certeza teremos avanços além de Passo Fundo e sim para todo o Estado do Rio Grande do Sul. Para isto, uma reunião com Beto Albuquerque do Instituto Pietro foi determinante para uma agenda junto à Secretaria Estadual de Educação. Avante.

Prefeito Luciano
No evento que marca o início do ano letivo 2020, o Prefeito Luciano Azevedo dividiu espaço na mesa principal com os dois principais Sindicatos que defendem os servidores municipais, ou seja, SIMPASSO e CMP. Este ato para alguns não tem importância, mas para mim demostra que este governo de oito anos foi marcado pelo diálogo, debates e conquistas. Parabéns Prefeito Luciano, pois em época que muitos municípios não consolidaram conquistas e nem mesmo garantiram direitos, Passo Fundo honrou com seus compromissos e atendeu várias pautas levantadas pelos servidores. Responsabilidade em Governar.

CUFA
Junior Torres avança nos projetos sociais da Central Única de Favelas e mostra, além de tudo, responsabilidade nos encaminhamentos para ações que contemplam crianças, adolescentes, famílias e idosos. Em Passo Fundo são 250 crianças atendidas nas comunidades do Valinhos, Hípica, Jaboticabal e Schisler. Parabéns ao apoio da BS-Bios, Oniz Alimentos e Comercial Zaffari. Quem acredita no seu povo, merece nosso reconhecimento.




Ciclovia

Terça-Feira, 04/02/2020 às 07:00, por Saul Spinelli

Domingo quando íamos para Santa Maria e, para isto, entrando na Aspirante Jenner, precisamos parar na sinaleira da Avenida Brasil. Se localizando pelo carro já estacionado junto à sinaleira, acabou-se que nosso carro ocupou 50% do espaço da ciclovia, algo ilegal e perigoso. O amigo Rafael Lopes, ciclista passou, cumprimentou e nos chamou a atenção, o que foi imediatamente corrigido.

Ciclovia II
Importante estes cuidados que devemos ter com espaços de convivência de carros, ciclistas e pedestres, avançar a ciclovia ou até mesmo não observar regras de segurança são fatores determinantes que podem causar acidentes.

Ciclovia III
A manifestação do Rafael Lopes é importante para evitar acidentes e respeitar espaços de todos. Dias destes a colega Jornalista Natalia Favero trafegava na ciclovia com sua bicicleta no Boqueirão, próximo ao Mercado Marcolan, direção bairro-centro, quando um pedestre acabou batendo e derrubando ela na pista dos carros.

Ciclovia IV
Fratura exposta, duas cirurgias, antibióticos e afastamento do trabalho pelo mínimo metade do ano. Diariamente centenas de pessoas ocupam a ciclovia no Boqueirão em trecho que as placas determinam o uso exclusivo de ciclistas e por isto reforço, observar as regras é demonstração de respeito e cuidados com segurança.

Boa gente
Jussara Carmo Waskevicz é amiga da vida toda, daquelas pessoas que irradiam energias positivas e nos contagiam com a bondade e gratidão que são inerentes de suas almas. Jussara tem gratidão no coração e nas atitudes e por isto faz a diferença. Exemplo de mãe, esposa, filha, avó e amiga. Vida longa Jussara e parabéns pela linda família que você construiu.

Oscar Pizzinatto
Nesta semana que passou faleceu o amigo Oscar Pizzinatto, dentista e ex- Secretário da Saúde do município. Um bom, sério, ético e cativante. Quando nos encontrávamos na rua o papo se estendia por muito tempo e os mais variados assuntos, isto porque Oscar era vida, amizade e adorava sua cidade. Deixou um legado de ensinamentos e principalmente a consolidação de uma família estruturada no amor de 52 anos com a eterna companheira Mariza.

Oscar Pizzinatto II
Com Mariza, Oscar criou e educou seus três filhos, Estelita, Rodrigo e Ricardo. Chega ao final da jornada e nos ensina que os homens bons não morrem, vivem eternamente nas lembranças de todos nós. Recordo-me do Oscar, de minha adolescência na Rua Moron e ao despedir-me deste amigo o parabenizei em silêncio pela vida honrada e plena que teve e aos filhos maravilhosos que deixou neste mundo. Oscar viveu, vive e viverá sempre.

Educação
São seiscentos professores nomeados pelo Prefeito Luciano Azevedo na sua gestão de oito anos. Uma conquista à educação municipal e que devemos aplaudir. Foram dezessete escolas novas inauguradas nesta gestão e somadas às reformadas e ampliadas chega a números que colocam Passo Fundo em um estágio privilegiado em relação aos demais municípios do Brasil. Parabéns Prefeito Luciano, pois para chegar a esta conquista precisou muitos ajustes e coragem de fazer.

Legislativo
A Câmara de Vereadores pode e deve articular muitas ações de defesa dos direitos da comunidade e principalmente no que se refere à garantia da qualidade de vida dos idosos e crianças, mulheres e pessoas deficientes.

 

 

 

 

 




Educação

Terça-Feira, 28/01/2020 às 07:00, por Saul Spinelli

Acredito ser importante e necessário criar algumas questões de avaliações nas escolas do Estado e, mesmo com críticas, a possibilidade de cada educandário ter seus critérios não resultou em ações positivas e vemos os alunos atualmente com dificuldades de adaptação nas transferências escolares assim como no acesso ao mercado de trabalho.

 

Educação II

Me recordo que quando estudava na década de 80 e 90 as notas de média eram em torno de 70 a 80 nas escolas e passar era um desafio, por isto os alunos se esforçavam e a famosa sabatina era realmente um tormento para os que desejavam a aprovação.

 

Educação III

Hoje temos as mais variadas teorias e muitas delas que as avaliações não são produtivas para o crescimento e empoderamento dos jovens, ou seja, resultou em médias baixas, muitos trabalhos substituindo provas e ainda alunos aprovados sem estarem preparados.

  

Educação IV

A família não é uma ilha e nem mesmo a escola, a máxima de que criamos nossos filhos para o mundo é verdadeira e isto tenho refletido diariamente. Nossas crianças e adolescentes acabam por terem sérios problemas de adaptação ao mercado de trabalho, pois não convivem com as frustrações e nem mesmo se qualificam para a disputa natural de espaços profissionais.

 

Celular

Outra questão problemática da juventude é o uso intenso do celular e com isto se perde a capacidade de leitura, raciocínio e contato com o mundo real. Os adolescentes e as próprias crianças hoje não se relacionam mais com familiares e com dificuldade resolvem os conflitos, pois no mundo virtual a palavra não é algo inexistente.

 

Celular II

Precisamos urgente debater os limites do celular nas famílias e também nas escolas, pois estes recursos tecnológicos são de muito valor, mas da maneira desordenada que estão sendo utilizados os prejuízos são irreparáveis. São visíveis as diferenças das crianças que possuem regras do uso do celular e aquelas que passam 24 horas online.

 

Borges do Canto

Sei que existem explicações, mas uma obra que deveria ser entregue em final de 2018 estar parada e sem previsão de retomada é algo que precisa de atitudes, mais que justificativas. A Escola Estadual Borges do Canto em Palmeira das Missões está interditada desde 2018 e mesmo com toda a problemática o estado não consegue apresentar uma solução que vislumbre pelo menos uma data que acene aos grupos de pais, alunos, professores e funcionários quando retornarão ao prédio.

 

Borges do Canto II

As pessoas tem boa vontade, são envolvidas e comprometidas, mas apenas isto não basta para resolver esta questão. Os pais e professores querem ação, atitude e com isto a retomada das obras e entrega do prédio. A equipe da Secretaria Estadual de Educação poderia sair de Porto Alegre, ir a Palmeira das Missões e fazer o que tem que ser feito. Priorizar o processo. Burocracia somos nós que fizemos e papel não anda sozinho, ou seja, arregacem as mangas e façam as coisas acontecerem.

 

Ação do Parlamento 

O Deputado Estadual Mateus Wesp, mostrou competência através de sua equipe para tratar deste assunto. Anotou, cobrou da SEDEC e tem feito ações de encaminhar a solução deste problema. O representante dos pais, Alan Signori tem sido paciente, mas destaca que precisam de informações certas e atitudes que resolvam e por isto, pretendem com um grupo ir a Porto Alegre se reunir com a Secretaria de Educação, Casa Civil do Executivo e ainda, no Parlamento Estadual. Pressão onde se deve fazer pressão.




SUSAF

Terça-Feira, 21/01/2020 às 06:50, por Saul Spinelli

As pessoas me perguntam o porquê falar e escrever tanto sobre o Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar, Artesanal e de Pequeno Porte, o tão falado SUSAF. Não consigo entender o que impede Passo Fundo de cadastrar os nossos lacticínios e com isto garantir a venda dos produtos produzidos em Passo Fundo em todo o estado. Vai proporcionar mais vendas e com isto mais empregos e renda para pequenos empresários.

SUSAF II
Sabemos que a situação não é fácil e a legislação tem sido rígida a nível de país e Estado, mas também sabemos que Vila Maria, Tio Hugo, Marau e Erechim são cidades próximas que estão há muito tempo com SUSAF e SISBI, ou seja, autorizadas a venderem seus produtos para as cidades de todo o país. Precisamos urgente que este quadro seja revisto e isto tem demorado pela burocracia e também falta de empatia com a situação destes empresários.

SUSAF III
Precisamos sim investir e apoiar grandes empresas, mas inevitável valorizar e olhar para pequenas empresas, pois são elas que mais geram empregos e mantem nossa economia em momentos fortes de crise. Não olhar, reconhecer, agir para mudar esta realidade é passível de críticas e hoje vemos em todo o país o descaso com as pequenas empresas.

Centro Dia do Idoso
Temos hoje uma realidade triste no Brasil, por um lado positivo aumenta a população da terceira idade e isto é positivo, mas também temos o abandono destes idosos e a situação crítica do tratamento na saúde pública para os mesmos. Idosos abandonados pelas famílias e também pelo Estado, alguns saqueados financeiramente pelos filhos e netos e outros em cárcere privado e vivendo o abandono.

Centro dia do Idoso II
Hoje mais de 40% dos idosos sofrem quedas e isto acaba levando a morte e outros por falta de medicamentos certos e nos horários corretos acabam por ter AVC e isto leva a outros sérios problemas. Cuidadores não preparados e familiares impedidos de poder cuidar devidos os afazeres profissionais.

Centro dia do idoso III
Espaços que os idosos fiquem durante o dia e retornem aos seus lares a noite e finais de semana são a solução e certamente, além da qualidade de vida aos idosos, determinarãoa solução que muitas vezes acaba levando a depressão. O debate que o governo federal provocou sobre a adoção de idosos é positivo pois fará que a sociedade olhe para este problema e encontre uma solução, colocando fim na atual situação dos nossos pais e avós. 

Cristo Rey 
O Residencial Cristo Rey, estará em abril deste ano inaugurando o primeiro Centro Dia em Passo Fundo e especializado para atender idosos nos turnos da manhã e tarde. Será disponibilizado para os idosos além de cuidadores, enfermeiro, técnico de enfermagem, cozinha, preparador físico,entre outros profissionais que garantem a alimentação, remédios em horários corretos, orientações para manter a qualidade de vida, evitar quedas e se manterem ativos. Gicella Paetrorius Mello, enfermeira padrão, destaca que o projeto é de garantir para os idosos um espaço adequado para passarem seu dia com várias atividades e às suas famílias a tranquilidade que estão muito bem cuidados.






PUBLICIDADE