PUBLICIDADE

Colunistas


Fatos 15.12.2018

Sábado, 15/12/2018 às 06:00, por Zulmara Izabel Colussi

Restos a pagar

Pesquisa realizada pela Famurs aponta que um terço das administrações municipais vai encerrar o ano sem quitar todos os seus compromissos. Os municípios deixarão pendências financeiras com fornecedores de serviços de saúde, transporte, limpeza e coleta de lixo, entre outros (29%), com contas de água, luz e telefone (16%) e com encargos da folha de pagamento (13%). Ao todo, 347, dos 497 municípios responderam o questionário enviado pela Famurs. O levantamento revela, ainda, que 62% dos gestores municipais alega que terá dificuldade para terminar 2018 no azul. Entre os principais problemas enfrentados pelos gestores locais está a dívida de aproximadamente R$ 650 milhões do Governo do Estado com os municípios na área da saúde. Passo Fundo tem em torno de R$ 6 milhões para receber. Sobre restos a pagar, o município fechou o exercício de 2017 com R$ 22 milhões de contas pendentes.

Apoio

O MDB realiza na segunda-feira reunião extraordinária, às 10h, na sede do partido, para definir a sua posição sobre a participação ou não no governo Eduardo Leite (PSDB). A convocação do colegiado foi definida depois de três horas de debate da executiva e da bancada estadual na tarde de sexta-feira. O diretório é composto por 71 membros.

PDT fora

O diretório estadual do PDT decidiu ficar fora do governo. Comunicado de que se manterá independente foi anunciado na quinta-feira.

Coragem

O presidente da Câmara de Vereadores, Pedro Daneli, PPS, disse na sexta-feira que o Legislativo está tomando uma “medida corajosa” ao anunciar o corte de 20 Cargos em Comissão, seguindo o que determina o Tribunal de Contas do Estado. Medida que só valerá na próxima legislatura, a partir de 2021. Coragem, mesmo, seria cortar os cargos agora.

Segurança

A posse do presidente eleito Jair Bolsonaro contará com aparelhos bloqueadores de celulares e drones. Tambpem como garantia de segurança, ele não desfilará de carro aberto.

Negativa

O delegado da Polícia Federal José Mariano Beltrame não aceitou convite para ser secretário de Segurança no governo de Eduardo Leite. Faltam poucos dias, antes da posse, para anunciar os demais 15 nomes que restam da composição do primeiro escalão.

 

 

 




Fatos 14.12.2018

Sexta-Feira, 14/12/2018 às 06:00, por Zulmara Izabel Colussi

Prudência

Luciano Azevedo e Beto Albuquerque almoçaram juntos nesta semana, em Porto Alegre. No cardápio, o futuro político e partidário de ambos. Beto fez um apelo para que o prefeito Luciano fique no PSB, conclua o mandato e seja candidato a deputado federal em 2022, com seu apoio. O prefeito gostou do que ouviu e deve tomar uma decisão nas próximas semanas. A relação entre os dois é muito boa e permite projetos de médio e longo prazo na política. O ajuste para que Luciano permaneça no partido depende da decisão de Beto em relação a próxima eleição. É entendimento de que não seria prudente duas lideranças com capital eleitoral significativo disputarem a mesma vaga, no caso uma cadeira na Câmara dos Deputados. Pode os dois serem eleitos, pode. Mas também pode que um tire votos do outro, especialmente na cidade onde nasceram e na região onde se identificam mais.

Destaque Empresarial

A esperança e o otimismo são perceptíveis entre empresários de Passo Fundo. O município que passou, quase intocável, pela mais longa crise da história do Brasil está preparado para crescer ainda mais. Este sentimento foi o que prevaleceu na noite de quarta-feira, no Clube Comercial, quando o Jornal O Nacional fez a entrega do Destaque Empresarial. 74 empresas e profissionais liberais foram agraciados pelo seu empenho, dedicação e bons resultados.

Franquia

Passo Fundo está recebendo um empreendimento de peso no setor imobiliário. A RE/MAX Brasil, integra a maior rede de franquia imobiliário no mundo.  São mais de 100 países e 7.987 franquias. A região Sul é estratégica para os negócios da companhia, que atualmente tem 12 unidades em operação no Estado. Neste mês, mais duas lojas foram abertas, em Passo Fundo e Novo Hamburgo. Passo Fundo tem a maior unidade do interior e está entre as cinco maiores da rede em nível nacional.  Na contramão da crise, a RE/MAX tem conseguido resultados bastante positivos, graças ao modelo de negócios apoiado em ferramentas de TI com suporte de startups e capacitação dos corretores. A franquia ocupa uma residência de alto padrão na Rua Nascimento Vargas, na Vergueiro.

Não pode, mas foi

Senador gaúcho Lasier Martins teria usado cota parlamentar e passagens aéreas para Rio de Janeiro, para participar da formatura da filha.

Pimenta

Os procuradores da Câmara de Vereadores detalham hoje os apontamentos do Tribunal de Contas do Estado em relação ao quadro de servidores. A Câmara tem mais CCs do que concursados. Está aí uma boa oportunidade de os vereadores fazer sua parte na redução de custos, abrindo mão de um dos cargos desde agora. Porque é fácil jogar a decisão para a próxima Legislatura ou cobrar do Executivo que reduza contratações. Pimenta nos olhos dos outros é colírio.  

 




Fatos 13.12.2018

Quinta-Feira, 13/12/2018 às 06:00, por Zulmara Izabel Colussi

Câmara deve fazer cortes
A Câmara de Vereadores deve extinguir 21 Cargos em Comissão, o que representa um assessor de cada gabinete. A decisão já está tomada e deve valer para a próxima Legislatura, seguindo uma recomendação antiga do Tribunal de Contas do Estado. O TCE vem apontando nos últimos anos que a Câmara de Passo Fundo tem mais CCs do que servidores concursados. Para corrigir esta distorção, o Legislativo terá de se adequar. Atualmente, cada vereador tem quatro assessores. O presidente Pedro Daneli se reúne hoje com a Mesa Diretora para repassar os novos apontamentos do TCE, que incluem também cuidados com Funções Gratificadas.

 

Mate amigo
Cumprindo agenda em Brasília, o governador eleito Eduardo Leite participou de encontro com o futuro ministro da Justiça Sérgio Moro, para tratar da unificação de projetos no combate ao crime organizado. Leite espera uma resposta do delegado da Polícia Federal José Mariano Beltrame ao convite que fez para a Secretaria da Segurança. Em Brasília, o governador eleito esteve com o futuro presidente Jair Bolsonaro e aproveitou para sevar um mate com o gaúcho Onyx Lorenzoni.

 

Acesso
O DNIT está melhorando o acesso ao Distrito Industrial pela BR 285, fazendo o alargamento do acostamento. A obra consiste na troca da canalização, terraplanagem e colocação do asfalto. O acesso precisa de um trevo, mas a obra em andamento vai melhorar muito o acesso de caminhões e carretas ao Distrito, especialmente para a empresa Bsbios.

 

Recado
O presidente do STF, ministro Dias Toffoli, disse ontem que os magistrados brasileiros precisam se resguardar e não devem expressar opiniões e desejos pessoais publicamente, em especial nas redes sociais. “Eu não me sinto, nem agora como presidente do Supremo, autorizado para falar em nome pessoal [sobre] questões relativas a opiniões que possa ter, desejos que possa ter. Porque o juiz não pode, é um encargo, é um ônus que nós temos. Nós temos que nos resguardar, nós temos que nos preservar, senão perdemos nossa autoridade, simples assim.”




Fatos 12.12.2018

Quarta-Feira, 12/12/2018 às 06:00, por Zulmara Izabel Colussi

Arrecadação do IPVA

Com uma frota de 134 mil veículos cadastrados em Passo Fundo, o município está entre as dez cidades gaúchas que devem receber a maior parcela do retorno do IPVA. Estes dez municípios representam 58% do total arrecadado. Passo Fundo tem 75.340 veículos aptos ao recolhimento do imposto, com uma previsão de arrecadar R$ 63,3 milhões.  Outros 60 mil veículos estão isentos por razões variadas, o que equivale aos índices do Estado: 55% da frota de carros recolhe o IPVA e outros 45% estão isentos.  Uma das razões para o envelhecimento da frota talvez se explique com a crise, que freou a renovação nos últimos anos.  Nesta primeira fase da tabela do IPVA, que proporciona ao contribuinte um desconto de 25,48% caso cumpra todos os requisitos, o Estado pretende arrecadar cerca de 20% do imposto. Lembrando que 50% do que for arrecadado vai direto para os cofres municipais.

Pagamento

A 3ª Vara do Trabalho (VT) de Passo Fundo expediu e está entregando, nesta e na próxima semana, 804 alvarás para credores da Semeato. Os alvarás liberam o pagamento de verbas trabalhistas devidas a 689 ex-empregados da companhia, além de honorários aos 121 advogados que os representam. O valor total dos alvarás é de R$ 1,66 milhão. Cada trabalhador receberá cerca de R$ 2 mil nesta operação. O dinheiro utilizado para esse pagamento foi obtido com a venda de 24 imóveis que resultaram na arrecadação de R$ 9 milhões. Novas liberações devem ocorrer, assim que forem superados processos burocráticos.

Via rede

O governador eleito Eduardo Leite também adotou o estilo Bolsonaro, fazendo comunicação direta com seu público via rede social. Ontem à tarde, informou por live no Facebook a fusão das pastas do Meio Ambiente e Infraestrutura e o nome que vai comandar a secretaria: Artur Lemos Junior. O tucano foi secretário de Minas e Energia no governo de Sartori até janeiro passado.

Direto ao ponto

A comunicação direta ou a democracia sem intermediários, como queiram, tem um problema grave, quando o assunto e agente público: é um monólogo de político. Só ele fala e fala o que quer, sem ser questionado por quem tem habilidade pra isso, no caso os profissionais da comunicação.  E se ele fala o que quer, sem ser questionado, não é democrático, é imposição.

Arquivado

O projeto Escola Sem Partido acabou arquivado em Comissão Especial da Câmara dos Deputados.  Mas, a promessa é de que ele volte a discussão na próxima legislatura.




Fatos 11.12.2018

Terça-Feira, 11/12/2018 às 06:00, por Zulmara Izabel Colussi

Sem caixa 13

Lojas Havan em Passo Fundo não tem o caixa de número  13. Segundo o empresário Luciano Hang, dá azar. Há duas interpretações plausíveis: a primeira é política: é conhecida a posição do empresário em relação ao PT. Ele fez campanha aberta para o presidente eleito Jair Bolsonaro e responde a uma ação do Ministério Público do Trabalho (MPT) em Santa Catarina sobre possível coação de funcionários a votar em Bolsonaro. O MPT pede indenização que pode chegar a R$ 100 milhões. O empresário disse que os procuradores do trabalho que moveram a ação são de esquerda. A segunda interpretação é mística e tem a ver com os Estados Unidos. A réplica da estátua da liberdade que orna o empreendimento (custou cerca de R$ 1 milhão a de Passo Fundo) é uma demonstração de admiração a economia norte-americanos. Pois nos EUA, dificilmente um prédio tem o andar de número 13. No elevador, a numeração pula do 12 para o 14. Mesmo superstição tem os argentinos.

Por falar em coerência

O vereador Renato Tiecher está no seu segundo mandato e segundo partido. Foi eleito pela primeira vez pelo PCdoB (comunista) e depois reeleito pelo PSB (socialista). Hoje, tudo indica que ele buscará nova sigla de linha ideológica mais liberal. O PSL pode ser o destino do vereador. É o partido do presidente eleito Jair Bolsonaro, para quem Tiecher fez campanha aberta e não esconde seu louvor. O vereador assinou ontem uma moção contra um ato do movimento de mulheres, coordenado pela deputada eleita Luciana Genro, PSOL, na Câmara de Vereadores. O vereador Tiecher tem toda a liberdade e direito de não concordar com o ato, de criticar o movimento. Isso lhe é assegurado pela democracia e pelo mandato que lhe foi conferido pelo voto popular e legítimo. No entanto, o vereador não pode impedir que pensamentos diferentes ao seu sejam tolidos no seu direito de manifestar. Seria uma contradição. Aliás algo que costuma fazer parte do mandato do vereador ex-comunista, atual socialista e vislumbrado com o liberalismo.

Desconforto

A moção do vereador Tiecher causou desconforto entre seus pares. O documento não foi a votação e, possivelmente, nem será. O Legislativo não pode restringir o acesso a partidos ou movimentos que queiram utilizar o espaço. Seria uma afronta à democracia.   

Valores do IPTU

O Executivo municipal encaminhou à Câmara de Vereadores um projeto de Lei Complementar cujo objetivo é “corrigir distorções no valor venal de imóveis que servem de base de cálculo para o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU)”. Antes de apreciação do texto pela casa, os vereadores foram convidados para a apresentação da proposta e dos critérios utilizados. A reunião estava marcada para ocorrer ontem (10), no gabinete do prefeito.

Convite

O PRB do deputado federal Carlos Gomes também fará convite ao prefeito Luciano Azevedo para que ingresse na sigla. Luciano e Carlos Gomes foram companheiros de partido, quando os dois fizeram parte do PPS. Permaneceu amizade. Como deputado federal, Carlos Gomes já conseguiu mais de R$ 1,1 milhão para área da saúde  do município.

 






PUBLICIDADE