PUBLICIDADE

Colunistas


Fatos 04.10.2018

Quinta-Feira, 04/10/2018 às 06:00, por Zulmara Izabel Colussi

Se foi o primeiro turno
Hoje último dia para a propaganda eleitoral de rádio e televisão. Espaço que não serviu para convencer o eleitor de nada. Os candidatos pouco falaram de propostas e projetos para o país. Quem ocupou o maior tempo ainda utilizou muito mal, demonstrando estratégia equivocada, como é o caso de Geraldo Alckmin, PSDB. Desidratou e ainda perdeu apoio para Bolsonaro,PSL. O PT errou ao insistir com a candidatura inviável de Lula, e de continuar colado na figura do líder, mesmo com Fernando Haddad. Nesta semana, ainda sofreu o revés da delação premiada de Antônio Palocci. Quem tentou surfar na via intermediária como Ciro Gomes, PDT, e Marina Silva, Rede, não teve tempo para conquistar eleitores e de romper com a polarização. Henrique Meirelles, MDB, e João Amoedo, Novo, desapareceram, mesmo em condições para o debate econômico. Há três dias das eleições e com uma enxurrada de informações e desinformações, o mercado faz a sua parte indicando o preferido. É a cereja do bolo que pode dar vitória a Bolsonaro no primeiro turno.


Oração
Ninguém pode dizer que não faltaram orações pelo Brasil. Cabo Daciolo, que até fez um retiro espiritual durante a campanha para se fortalecer na luta contra o mal, e o pastor Eymael se encarregaram de orar. Sinais, fortes sinais e glória e Deuxxx!


Contratações e demissões
Enquanto o empresário Luciano Hang se vê às voltas com a Justiça para explicar mensagem aos colaboradores na tentativa de persuadí-los a votar em Jair Bolsonaro, ameaçando demitir 15 mil trabalhadores, caso o candidato não vença a eleição, em Passo Fundo abrem-se as vagas para contratação de 150 pessoas para a mais nova loja da rede Havan.

 

Vagas no Sine
O empreendimento está em fase de construção no Bairro Petrópolis, com estátua e tudo, e deve ser inaugurado em dezembro. As contratações serão feitas pelo Sine, direto com o RH da Havan e começam hoje. Os contratados passarão por treinamento em Chapecó, durante 20 dias e serão divididos em duas turmas de 75. O salário pode chegar a R$ 1,8 mil com todos os benefícios, seguindo o acordo feito com o Sindicato dos Comerciários e Sindilojas. Requisito básico: ensino médio sem a exigência de experiência.

 

Desempenho
Por conta destas vagas e as mais de 1,7 mil que o Passo Fundo Shopping deve contratar, Passo Fundo vai melhor o nível de emprego neste segundo semestre.




Fatos 01.10.2018

Segunda-Feira, 01/10/2018 às 06:00, por Zulmara Izabel Colussi

Previsão
Dificil avaliar se Passo Fundo conseguirá emplacar representantes na Assembleia Legislativa e Câmara dos Deputados. Uma eleição difícil, com candidatos descolados dos presidenciáveis por conta de extremismos. Não parece uma disputa, mas uma guerra. Há muitas ameaças circulando pelos bastidores. Fora isso, faltam recursos, as regras de propaganda limitaram os agentes públicos e quase não se percebe a campanha na rua. Nesta reta final, muitos eleitores, mas muitos eleitores não conhecem os candidatos e não sabem em quem votar. Aliado a tudo isso, tem o componente puxada de tapete que alguns candidatos locais levaram de seus pares.

 

Recolhimento
Desde quinta-feira, a pedido do Ministério Público Eleitoral, estão sendo executados mandados de busca e apreensão nos diretórios da coligação "Por um Rio Grande Justo", integrada pelo PT e pelo PCdoB, e em comitês de campanha, em Porto Alegre. O objetivo é recolher propaganda com imagens do ex-presidente Lula da Silva na condição de candidato à Presidência, pois seu registro de candidatura foi indeferido pelo TSE. Também foram autorizadas diligências em agências dos Correios em Canoas, Santa Maria, São Lourenço do Sul, Pelotas, Gravataí, Alegrete, Palmeira das Missões e Jaguarão. Em Passo Fundo, o recolhimento ocorreu na sexta-feira.

 

Ato
Corrigindo texto da capa de ON da edição de segunda-feira, duas mil pessoas participaram da manifestação #EleNão em Passo Fundo, no último sábado. Atos prometem se repetir às vésperas da eleição.

 

Rápidas
* Entre sexta e segunda, a entrevista com o ex-presidente Lula à Folha foi autorizada, desautorizada e voltou a ser autorizada.
* Mulheres fazem história no protagonismo político. Mostram que podem e devem participar mais. Porque política, também é lugar de mulher.
* Quem tem companheiro de partido e de campanha, não precisa de inimigos: O vice de Bolsonaro, General Mourão disse que vai acabar com o 13º; José Dirceu disse que o PT está perto de tomar o poder, e agora Pallocci tem liberado o conteúdo de suas delações pelo juiz Sérgio Moro.
* Ciro Gomes, PDT, e Geraldo Alckmin, PSDB, esticam todas as cordas na tentativa desesperada de romper a polarização do #EleNão #ForaPT. Apostam no eleitor que não se manifesta.




Fatos 27.09.2018

Quinta-Feira, 27/09/2018 às 06:00, por Zulmara Izabel Colussi

Fake news rolando
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ordenou a retirada do ar no Facebook de uma página que gerou conteúdo contra o candidato Fernando Haddad, PT. A notícia mais estapafúrdia impossível dizia o seguinte: “Ao completar 5 anos de idade, a criança passa a ser propriedade do Estado! Cabe a nós decidir se menino será menina e vice-versa! Aos pais cabe acatar nossa decisão respeitosamente! Sabemos o que é melhor para as crianças!”. Gente, pelo amor... não compartilhem nada, mas absolutamente nada de qualquer candidato que seja que soe estranho, que não tenha fonte confiável, que seja duvidosa. É o mínimo que podemos fazer neste momento tão delicado para o país. Duvidou, deleta! Vai dar uma caminhada, escutar uma música...faz bem!


Ninguém segura
O grande problema do combate a fake news, e isso está se verificando no processo eleitoral deste ano com a ação dos chamados robôs, é que a Justiça Eleitoral tem o seu tempo para decidir sobre as denúncias, mesmo com toda a agilidade empregada. Só que a geração de notícias falsas, é como fazer pipoca boa: quando começa a estourar nem a tampa segura.


Abandonados a própria sorte
Candidatos locais, com exceção dos que tem mandato, estão abandonados a própria sorte por seus partidos. Seguindo tendência nacional, as siglas decidiram investir em quem tem mandato, julgando terem maior viabilidade eleitoral. O négócio é fazer número no parlamento. Essa atitude de dirigentes partidários municipais contraria a mobilização de entidades locais que apostam na eleição de representantes de Passo Fundo para a Assembleia Legislativa e Câmara dos Deputados.

 

Ao pé do ouvido
Confissão de um candidato a deputado: nunca participou de uma campanha tão estranha. Não sabe medir o resultado, não tem campanha na rua, faltam recursos e a polarização em torno da disputa presidencial tira o foco da proporcional.

 

Manitowoc
Uma nova reunião está marcada para sexta-feira entre os envolvidos na tentativa de construir uma saída extra-judicial para a para a área da Manitowoc (Prefeitura, Vereador Patric Cavalcanti e empresa). Tem proposta na mesa, mas não é revelada. Há um pacto de confidencialidade. Um acordo que seja bom para as partes pode abreviar uma solução.




Fatos 25.09.2018

Terça-Feira, 25/09/2018 às 06:00, por Zulmara Izabel Colussi

Candidatos movimentam a cidade
A semana começou movimentada pela campanha eleitoral. Passo Fundo recebeu ontem o candidato a vice-presidente na chapa de Jair Bolsonaro, PSL, General Hamilton Mourão. Impossibilitado de cumprir as agendas de campanha por estar hospitalizado recuperando-se da facada que levou em Minas Gerais, Bolsonaro vem sendo representado pelo General Mourão, pelos filhos e coordenadores de campanha nos compromissos. Hoje Passo Fundo recebe Miguel Rossetto, candidato do PT ao governo do Estado. É a segunda vez que ele vem ao município. A primeira foi dias antes de ser oficializado pelo partido. O presidenciável João Amoedo, estará na cidade na sexta-feira, às 19h, no CTG Lalau Miranda. Amoedo vai participar de uma sabatina feita por lideranças indicadas pela CDL, Sindigêneros, Sindicato dos Contabilistas, Sindilojas, Acisa, Sinduscon, Sindicato Rural e OAB/RS, e jornalistas.


Apoio
Como o prometido, o candidato ao Senado, Luis Carlos Heinze (Progressistas), acompanhou agenda do candidato à vice-presidência, general Mourão. Heinzeaproveitou a ocasião para ratifizar apoio à candidatura de Bolsonaro.


Decisão
O TRE-RS manteve decisão liminar que proíbe a propaganda “Caravana em Defesa da Escola Pública”, do CPERS Sindicato. A decisão responde ação movida pela Coligação Rio Grande no Rumo Certo, que sustentou que houve a realização de política partidária eleitoral dentro das escolas públicas, com objetivo de prejudicar a candidatura de José Ivo Sartori à reeleição. A primeira decisão publicada no dia 18 de setembro foi reafirmada no dia 21 de setembro, após contestação do Sindicato na Justiça Eleitoral.

 

A ponte não vai cair
O pavimento na Avenida Brasil próximo a ponte do Rio Passo Fundo cedeu no local onde foi executada a rede de esgoto. Pois a história do buraco, pra variar, virou fake news. Derrubaram a ponte. Mas ela não vai cair, tá gente. A Corsan fez um conserto emergecial e volta a reparar o local assim que parar a chuva. O que aconteceu foi que o asfalto cedeu onde tem uma tubulação.




Fatos 22.09.2018

Sábado, 22/09/2018 às 06:00, por Zulmara Izabel Colussi

Carga das urnas
Encerrada a fase de treinamento de mesários, o Cartório eleitoral de Passo Fundo começa o processo de geração de mídias, carga das urnas e conferência das informações. Passo Fundo concentra duas zonas eleitorais: a 33ª e a 128ª, responsáveis pela atualização e verificação de 464 urnas eletrônicas. São 229 na 33ª, distribuídas entre os municípios de Pontão, Coxilha e parte de Passo Fundo; e 235 urnas na 128ª, entre Passo Fundo, Ernestina e Mato Castelhano. Este procedimento que consiste em repassar para a urna os nomes e números de todos os candidatos e eleitores que votam nas respectivas seções eleitorais é precedido de uma checagem técnica e física do equipamento, que inclui a atualização do software. Um outro número de urnas, que não chega a 10% do total fica à disposição da Justiça para o chamado contingenciamento, em caso de pane técnica no dia da eleição.

 

Guinada de Geraldo
A campanha eleitoral entra na fase decisiva. As próximas duas semanas serão de vale tudo.A disputa pelo segundo turno não está definida. Tem muita água para rolar. Lembram de 2014? Marina Silva (PSB/Rede) estava no segundo turno com Dilma Rousseff. Teve a imagem desconstruída pelos adversários e Aécio Neves, PSDB, virou o jogo. Na propaganda de quinta-feira, o tucano Geraldo Alckmin dá uma guinada. Mais agressiva, mira Jair Bolsonaro, PSL, e Fernando Haddad, PT.


Mourão em Passo Fundo
O vice de Jairo Bolsonaro, general Mourão tem agenda segunda-feira, em Passo Fundo. Carreata, adesivaço e almoço programados pela receber o general, que andou levando uma carraspana do patrão por declarações desastrosas.


Tópicos do feriado
* Patrícia Pilar delcara voto ao ex-marido Ciro Gomes e desmente informação de que teria sido agredida por ele.
* Fátima Bernandes também desmente que nunca reformou a casa do agressor do presidenciável Jair Bolsonaro.
* Capa da The Economist ( a revista mais liberal impossível), Bolsonaro ´´e tratado como uma ameaça para a América Latina. A revista afirma que o Brasil tem uma economia que é um desastre, as finanças públicas sob pressão e a política podre.
* Haddad cola na imagem de Lula e a vice Manuela D ´Ávila passa despercebida nesta primeira semana de campanha.




PUBLICIDADE


PUBLICIDADE