PUBLICIDADE

Colunistas


Fatos 31.07.2018

Terça-Feira, 31/07/2018 às 06:00, por Zulmara Izabel Colussi

Haja coração

A cada informação sobre a licitação do aeroporto Lauro Kortz, o vereador Paulo Neckle, PMDB, tem um colapso. “Vou ter um ataque cardíaco qualquer hora, por conta das constantes mudanças”, disse ele em tom de brincadeira, depois de obter a informação junto a Celic, de que as propostas das empresas só serão abertas no dia 27 de agosto. Mesmo não sendo responsável direto por um processo tão complexo como este, Neckle sofre com as cobranças que são diárias. Também pudera...há quantos anos lidando com as obras do aeroporto! A primeira data para abertura de propostas era para esta terça-feira, dia 31. Na semana passada houve alteração para o dia 2 de agosto, em virtude de ajustes feitos no documento. Agora, em função de outros questionamentos, a Celic achou por bem ganhar mais tempo para responder com precisão as dúvidas. A alteração de datas também faz parte da estratégia de empresas que querem participar mas não estão adequadas tecnicamente para a disputa. Ganham tempo e até conseguem mudar itens desejados.

Exemplo

Decisão do Tribunal Regional Eleitoral de Roraima, que pode ser aplicada em qualquer outro estado, multou em R$ 53 mil a divulgação falsa de pesquisa pelo whatsApp. De acordo com o Tribunal daquele estado, a multa, nestes casos, pode chegar a R$ 106 mil.

Fogaça

O MDB gaúcho terá José Fogaça como candidato ao Senado em dobradinha com Beto Albuquerque, PSB. O nome será homologado na convenção de domingo, dia 5 de agosto. Fogaça foi senador pelo MDB entre 1987-2002.

Rossetto

O pré-candidato do PT ao governo do Estado, Miguel Rossetto, estará em Passo Fundo na quarta-feira. Vai participar de uma plenária com filiados do Sindicato dos Metalúrgicos, a partir das 18h. Na quinta cumpre agenda em veículos de comunicação e segue roteiro para outras cidades. O PT realiza a convenção para oficializar o nome de Rossetto, somente no domingo.

Homologado

Convenção Estadual do PSD, que confirmou apoio a José Ivo Sartori, também homologou o nome do professor José Carlos como candidato a deputado estadual.Vem com proposta de renovação no cenário político da região e vai focar em três pilares: educação, emprego e desenvolvimento.




Fatos 28 e 29-07-2018

Sábado, 28/07/2018 às 06:00, por Zulmara Izabel Colussi

A sina do vice

A BBC Brasil produziu uma reportagem analítica sobre a dificuldade que candidatos à Presidência tem em definir o candidato a vice. Segundo a BBC, “o Brasil guarda, em sua história, um capítulo especial para vice-presidentes. Num período de 57 anos, o país foi comandado por quatro vices. João Goulart, José Sarney, Itamar Franco e Michel Temer assumiram em circunstâncias distintas, mas, juntos, governaram como vices por mais de uma década”. O episódio do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, trouxe um ingrediente a mais nesta complexa escolha: além de ser um nome que viabilize o governo, que possa agregar forças políticas, ele deve ser da mais absoluta confiança do futuro presidente. E a confiança deve ser pessoal e não só por arranjo partidário.

Alviverde

Em postagem que fez em rede social na sexta-feira, o prefeito Luciano Azevedo, PSB, justificou porque está se afastando do grupo que dará sequência a administração do Sport Clube Gaúcho. A função de prefeito é incompatível com a de dirigente do Alviverde. Evita assim dissabores com adversários. Mas, continuará torcedor fervoroso.

Acordo

Na segunda-feira será assinado o acordo coletivo entre o Sindilojas e o Sindicato dos Comerciários. Passo Fundo é a única cidade do Estado com regulação flexibilizada do horário do comércio. Ganham todos.

Difícil

O Estado perdeu uma verba de R$ 8 milhões para a construção de uma penitenciária feminina em Rio Grande. O recurso que viria para a penitenciária feminina de Passo Fundo ainda corre o risco de ter o mesmo destino. 




Fatos 27.07.2018

Sexta-Feira, 27/07/2018 às 06:00, por Zulmara Izabel Colussi

Centrão e Alckmin

As articulações não indicam novidades no processo eleitoral. O Centrão, formado por DEM, PP, PRB, PR e Solidariedade, oficializaram, ontem, apoio à pré-candidatura do ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) à Presidência da República. O nome do vice-presidente continua sem definição. O empresário Josué Gomes (PR), filho de José Alencar (ex-vice-presidente de Lula), enviou carta em que afirma não aceitará o convite para ser candidato a vice. Gomes disse que rejeita a missão por "questões pessoais" apesar de se sentir “honrado” pelo convite. Por conta disso, os partidos apoiadores passam a sugerir outros nomes. O Solidariedade sugeriu para compor a chapa o ex-deputado e ex-ministro Aldo Rebelo (SP), e o PP queria a cadeira para o empresário Benjamin Steinbruch.

Sem renovação

Para quem espera renovação no Parlamento, pode dar com os burros n’água. Por conta da falta de recursos, os partidos (quase a totalidade) tem optado por distribuir o ‘dindin’ entre os candidatos que já possuem mandato. E, além disso, privilegiar candidatos a deputado federal. Do total, 30% ficará para candidatas mulheres. Se, os critério forem os mesmos, destinando valores só para candidatas com mandato, teremos muitas campanhas milionárias, considerando a baixa representação feminina no Parlamento.

Jairo Jorge

O PDT realizou ontem a sua convenção estadual, oficializando a candidatura de Jairo Jorge ao governo do Estado. Também foram oficializados os nomes do ex-prefeito Airton Dipp para deputado estadual e de Márcio Patussi, para deputado federal.

Bens

A desembargadora federal Vivian Josete Pantaleão Caminha do TRF4 indisponibilizou bens no montante de R$ 16, 4 milhões de Jairo Jorge, como ex-prefeito de Canoas, do ex-secretário de saúde Marcelo Bósio, do ex-secretário adjunto da saúde Leandro Gomes dos Santos, da ex-vice-prefeita Lúcia Elisabeth Colombo Silveira e da empresa GSH- Gestão e Tecnologia em Saúde. A medida visa ressarcimento ao erário caso comprovada a denúncia do MPF em ação por improbidade. O agora candidato, disse que a medida e frágil e ficará comprovada sua inocência no caso.

Mudança

O médico Júlio Stobe, responsável pelo protocolo que conseguiu barrar as mortes por gripe H1N1 em Passo Fundo, em 2009, depois de 15 anos atuando como chefe da Emergência do HSVP, deixou a função. Dedica-se como médico no próprio hospital, com foco especial na direção da UFFS.

 




Fatos 26.07.2018

Quinta-Feira, 26/07/2018 às 06:00, por Zulmara Izabel Colussi

Origem animal
Agricultores familiares que trabalham com produtos de origem animal na Feira do Produtor de Passo Fundo estão com dificuldade de se adaptar a portaria do Estado que estabelece os requisitos e exigências para o funcionamento, licenciamento, fiscalização e controle dos estabelecimentos. O presidente da Associação, Mércio Michel, em entrevista ontem a tarde à Rádio Uirapuru informou que, dos oito produtores que vendiam carne e e derivados, apenas dois estão comercializando na feira e um deles deve parar a atividade nos próximos dias. Michel reclamou da burocracia e das exigências da portaria e disse que isso vai afetar as propriedades rurais, já que são exigidos investimentos sem que o produtor tenha algum tipo de incentivo. Então, para quem gosta de comprar aquela costelinha de porco para o churrasco de fim de semana, diretamente do produtor, pode não encontrar mais na Feira do Parque da Gare.


Tarifa
A União das Associações de Moradores pretende bater o pé em torno de uma tarifa de R$ 3,40. Definição da nova tarifa sairá na próxima semana. Empresas sugerem valor que vai até R$ 3,95 e Secretaria dos Transportes e Serviços Gerais, depois de analisar as planilhas, apresentou como sugestão R$ 3,65.

 

Currículos
O Passo Fundo Shopping já recebeu 8.187 credenciamentos para a disputa das mais de 1,5 mil vagas que devem ser abertas, tanto para setores administrativos do empreendimento que inaugura em outubro, quanto para as lojas que já estão se instalando no local.

 

Campanha
Aproveitando a popularidade do prefeito Luciano Azevedo, PSB, candidatos a deputado federal e estadual buscam apoio do chefe do Executivo para suas campanhas. No entanto, Luciano já decidiu que não gravará mensagens para redes sociais e outros meios. Como são muitos candidatos, acha que os pedidos de apoio podem criar confusão na cabeça do eleitor. A presença de Luciano na eleição deve se restringir à participação em alguns atos fora do horário de expediente da Prefeitura. O prefeito prefere focar no trabalho e nas questões administrativas da cidade.

 

Projeto
Vereador Luiz Miguel, PDT, satisfeito com a repercussão do projeto que apresentou para que as escolas municipais exijam dos país a caderneta de vacinação para fazer a matrícula. Pelo menos quatro cidades da região pediram cópia da proposta.




Fatos 25.07.2018

Quarta-Feira, 25/07/2018 às 06:00, por Zulmara Izabel Colussi

Uma moção e nada é a mesma coisa

Os vereadores aprovaram uma Moção de repúdio à Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF), ajuizada pelo Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), que objetiva a legalização do aborto até a décima segunda semana de gestação. A proposta, protocolada pelos vereadores Mateus Wesp (PSDB) e Ronaldo Rosa (SD), foi aprovada com 19 votos favoráveis e um contrário. Apenas o vereador Alex Necker (PCdoB) foi sensível a um tema que não se resume a moções. Notem, que este tema, extremamente complexo e delicado e de uma relação íntima com o gênero feminino foi tratado por homens. Os vereadores proponentes e os que concordam com a moção enxergam na iniciativa do PSOL um despropósito, pois “cabe ao Congresso Nacional (formado por ampla maioria masculina) a legitimidade para regular o tema. Dizem mais os vereadores: “O Congresso, até hoje, não o fez, ao longo das mais de sete décadas de vigência do Código Penal. Não por omissão ou negligência, mas em razão da vontade majoritária do Parlamento, que se manifestou contrariamente à medida em todas as vezes que matéria foi discutida”. Até quando vamos ter que ouvir justificativas machistas, conviver com movimentos que não levam à nada, em torno de um tema que deve ser tratado com quem de fato compete?

O debate é outro

Enquanto tapamos o sol com a peneira, muitos homens induzem namoradas e companheiras a fazer abortos clandestinos ou as abandonam a própria sorte para não assumirem a paternidade. Enquanto tapamos o sol com a peneira, com moções que não significam nada, mulheres colocam a vida em risco fazendo abortos em clínicas clandestinas. O tema legalização do aborto merece um debate que ouça de forma séria todos os envolvidos e principalmente as envolvidas. A iniciativa aprovada por ampla maioria da Câmara saiu do nada para lugar algum.

Vacinação

Vereador Luiz Miguel Scheis apresentou projeto para que o município exija dos pais a caderneta de vacinas do filho em dia para fazer a matrícula. Se o filho não estiver vacinado, os pais terão prazo de dez dias para regularizar. A proposta aprovada pela Câmara não cria sanções aos pais, mas é uma forma de contribuir para melhor os índices de imunização.

Balanço

Presidente da Câmara, Pedro Daneli, PPS, reúne, nesta quarta-feira, jornalistas da editoria de política para prestar contas dos seis meses no comando do Legislativo.

 

 

 

 

 




PUBLICIDADE


PUBLICIDADE