PUBLICIDADE

Colunistas


Fatos 25 e 26.08.2018

Sábado, 25/08/2018 às 06:00, por Zulmara Izabel Colussi

Licitação reagendada

A abertura das propostas das empresas interessadas em realizar a obra de ampliação do aeroporto Lauro Kortz, foi reagendada para o dia 19 de setembro, uma quarta-feira, a partir das 14h30. Comissão Permanente de Licitações tomou a decisão esta semana, considerando o volume de  esclarecimentos a responder. Acompanhando de perto a movimentação do processo, o vereador Paulo Neckle, MDB, informa que a obra do Lauro Kortz chamou a atenção de empresas de todo o país, pelo valor total do empreendimento, que chega a R$ 55 milhões. Pelo menos oito manifestaram interesse. Por esta razão, muitas dúvidas surgiram, gerando uma demanda maior do que a esperada pela Celic. O vereador disse que algumas empresas estão analisando a possibilidade de fazer um consórcio para executar a obra.

Patrimônio

 Passo Fundo terá 22 representantes na disputa eleitoral, contabilizando a candidata a vice-governadora, Ana Clélia Schneider, PSTU (R$ 288 mi). Juntos, contabilizam um patrimônio de R$ 13,2 milhões. Somados, os nove dos 11 candidatos a deputado estadual por Passo Fundo registram um patrimônio de R$ 9,8 milhões junto a Justiça Eleitoral. Dois deles, Eduardo Peliccioli e Cacá Nedel, Podemos, ainda não disponibilizam os dados. Já os oito candidatos a deputado federal somam R$ 1,048 milhão. E os dois candidatos ao Senado, Beto Albuquerque, PSB, (R$ 1,8 milhão) e Marli Schaule, PSTU, (R$ 211 mil) somam R$ 2,098 milhões. Passo Fundo terá 22 representantes na disputa eleitoral, contabilizando a candidata a vice-governadora, Ana Clélia Schneider, PSTU (R$ 288 mi). Juntos, contabilizam um patrimônio de R$ 13,2 milhões.

Beto grava em Passo Fundo

O candidato a senador Beto Albuquerque, PSB vai gravar, neste domingo, o programa de TV em Passo Fundo. Nos dias 3 é 4 de setembro vai percorrer a cidade, acompanhado pelo prefeito Luciano Azevedo, dando início oficial a campanha no município.

Impugnações I

Encerrou no dia 22 o prazo para encaminhar pedidos de impugnação de candidaturas. Dos 13 presidenciáveis, três deles enfrentarão processos. São eles: Jair Bolsonaro, PSL, Geraldo Alckmin, PSDB, e Lula, PT, que vai responder a 16 pedidos.

Impugnações II

No país, o Ministério Público Federal ingressou com 310 pedidos de impugnações de candidaturas. Já no Rio Grande do Sul foram 12 pedidos entregues ao Tribunal Regional Eleitoral. O alvo são os registros de nove candidatos a deputado estadual, dois candidatos a deputado federal e um suplente de senador. Os nomes não foram divulgados pela Justiça. Os julgamentos no TRE iniciam nesta segunda-feira.

 

 

 

 

 

 




Fatos 24.08.2018

Sexta-Feira, 24/08/2018 às 06:00, por Zulmara Izabel Colussi

Cinco segundos

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou ontem o tempo que caberá a cada candidato à Presidência da República na campanha de TV e rádio, que se inicia em 31 de agosto e segue até 4 de outubro – três dias antes do primeiro turno de votação. No rádio, serão veiculados dois blocos de 12 minutos e meio às 7h e ao meio-dia, sempre aos sábados, às terças e às quintas-feiras. Na TV, os horários serão às 13h e às 20h30, nos mesmos dias da semana e com a mesma duração. Agora, o que fazer em cinco ou oito segundos? Entram em cena as equipes de marketing e o milagre da multiplicação do tempo.  

Veja a ordem de aparição dos candidatos e o tempo de cada um:

1- Marina Silva - (Rede): 21 segundos e 29 inserções;

2- Cabo Daciolo - (Patriota): oito segundos e 11 inserções;

3- Eymael  - (Democracia Cristã): oito segundos e 12 inserções;

4- Henrique Meirelles - (MDB): um minuto e 55 segundos e 151 inserções;

5- Ciro Gomes - (PDT): 38 segundos no horário eleitoral e 51 inserções;

6- Guilherme Boulos - (PSOL): 13 segundos e 17 inserções;

7- Geraldo Alckmin -l (PSDB): cinco minutos e 32 segundos e 434 inserções;

8- Vera Lúcia - (PSTU): Cinco segundos e sete inserções;

9- Lula - (PT): dois minutos e 23 segundos e 189 inserções;

10- João Amoêdo - (Partido Novo): Cinco segundos e oito inserções diárias;

11- Álvaro Dias - (Pode): 40 segundos e 53 inserções;

12- Jair Bolsonaro - (PSL): oito segundos e 11 inserções e

13- João Goulart Filho - (PPL): cinco segundos e sete inserções.  

Campanha limpa

A campanha de Beto Albuquerque ganhou as ruas nessa semana trazendo uma novidade em relação às eleições anteriores. Equipes de apoiadores foram treinadas e orientadas para percorrer o Estado realizando uma campanha ainda mais limpa, com o mínimo de poluição visual, e através de uma abordagem menos invasiva. "Não queremos atrapalhar a vida de quem está passando e com pressa. Mas para aqueles que estiverem abertos a ouvir nossas propostas, estaremos lá", disse o candidato. A partir da semana que vem, os municípios do interior do Estado começam a receber as equipes de Beto Albuquerque que irão realizar esse trabalho.

Concorrência

Postos de combustíveis vendendo gasolina em Passo Fundo a R$ 4,14, R$ 4,27, R$ 4,29 ou R$ 4,39. A concorrência é tudo no mercado. Obriga os distribuidores oferecer o melhor preço. O valor do combustível tinha ultrapassado a casa dos R$ 4,60 no município. Na região, nas cidades menores onde a concorrência praticamente não existe, tem posto vendendo gasolina a R$ 4,76.

Licença

O vereador Patric Cavalcanti (DEM) vai se afastar por 30 dias da atividade parlamentar e a vaga será ocupada por Edson Nascimento, suplente do partido. Patric vai se dedicar a projetos pessoais e políticos nos próximos dias. 




Fatos 23.08.18

Quinta-Feira, 23/08/2018 às 06:00, por Zulmara Izabel Colussi

Olhar para as crianças
O mundo está atento ao processo eleitoral no Brasil. E quando uma organização como o Fundo das Nações Unidas para as Crianças e Adolescentes (Unicef), chama a atenção para que os direitos das crianças e dos adolescentes ocupem um espaço prioritário nas eleições de 2018, é porque, definitivamente, não conseguimos fazer o dever de casa. Cuidar das crianças, garantir educação de qualidade e direitos básicos para a população são fundamentais para o Brasil sair do atoleiro em que foi metido. Não vamos ter mais segurança, mais produção, melhor saúde se não começarmos do zero e começar do zero é olhar para as crianças como salvação. O documento elaborado pela Unicef será enviado a todos s candidatos. A entidade também vai buscar um encontro com cada um deles para reforçar a pauta.


Extrema pobreza
A representante do Unicef no Brasil, Florence Bauer, avaliou que o país teve muitos avanços nos últimos anos, mas vive um cenário em que é preciso impedir retrocessos e responder a problemas que vêm se agravando. Entre eles, a pobreza que ainda é uma realidade para 61% das crianças e adolescentes do Brasil. Além disso, 19% das crianças e adolescentes sofrem com vulnerabilidade extrema em algum desses direitos. A situação é mais grave quando é avaliada a situação da população negra e a das regiões Norte e Nordeste.

Interação
Para estimular a cobrança aos candidatos e debate sobre os temas apresentados, o Unicef lançou também uma plataforma online (www.unicef.org.br/maisquepromessas), que permite que a população interaja com os candidatos nas redes sociais e estimule posicionamentos sobre os direitos das crianças e adolescentes.

 

Cartilha
A Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS) preparou uma cartilha eleitoral de 12 páginas com orientações aos industriais gaúchos sobre as eleições que ocorrerão no mês de outubro. Elaborada numa linguagem simples e objetiva com conteúdos legais de responsabilidade do advogado Antônio Augusto Mayer dos Santos, a cartilha incorpora consolidações e alterações relativas à legislação frente às principais datas do calendário eleitoral, bem como alerta aos empresários sobre o que é permitido ou não em período de campanha. 

 

Entrevistas
A partir de segunda-feira, o Jornal O Nacional começa a publicar as entrevistas com os candidatos que representam Passo Fundo na disputa eleitoral para a Câmara dos Deputados, Assembleia Legislativa e Senado. Os candidatos terão o mesmo espaço, mesmo tamanho de foto e responderão as mesmas perguntas. Esta é apenas uma das contribuições de ON no processo eleitoral e na defesa pela eleição de representantes locais ao Parlamento.




Fatos 22.08.2018

Quarta-Feira, 22/08/2018 às 06:00, por Zulmara Izabel Colussi

Notas eleitorais

* O TSE intimou todos os 27.811 candidatos às eleições deste ano, incluindo os 13 candidatos à Presidência da República, a detalharem a declaração de bens, após a Corte recuar de uma simplificação no sistema.

* Somados, somente os candidatos à Presidência da República, o patrimônio declarado neste ano foi de mais de R$ 834 milhões. Os dois mais ricos concentram boa parte dessa quantia: João Amoêdo (Novo), com R$ 425 milhões; e Henrique Meirelles (MDB), com R$ 377,5 milhões.

* Estudo do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap) mostra que 79% dos 513 deputados federais tentarão a reeleição em outubro. E a entidade projeta que 75% deles devem se reeleger.

Registrados

Cacá Nedel e Eduardo Peliccioli estão devidamente registrados na Justiça Eleitoral para concorrer a deputado estadual, pelo Podemos. Não constam ainda as declarações de bens.

Voto vegano

Defensor da causa animal, Cacá Nedel, tem como slogan da campanha o voto vegano. No entendimento do candidato, simboliza um voto que luta pela melhoria na vida de todos os animais. Sejam eles animais humanos ou não.

 #Chamaomeirelles

O jeito sisudo de Henrique Meirelles, candidato à Presidência da República pelo MDB, ganha ar descontraído nas redes sociais, especialmente no Twitter. A equipe de campanha aproveita as ferramentas disponíveis para torná-lo mais acessível, assinando os posts com o bordão #chamaomeirelles. Mesmo que as intenções sejam as melhores, o virtual não encaixou com o real.

De olho

O mercado ficou agitado com o resultado da pesquisa Ibope e ontem fechou com o dólar em alta. Em alguns momentos do dia, chegou a passar dos R$ 4. O movimento do mercado no processo eleitoral é indicador importante. Podemos considerá-lo um sujeito sem forma física, que não vota, mas influencia por demais. 




Fatos 21.08.2018

Terça-Feira, 21/08/2018 às 06:00, por Zulmara Izabel Colussi

Campanha e folclore
A campanha ainda é tímida nas ruas de Passo Fundo. Os candidatos locais concentram estes primeiros dias nas redes sociais para aquela apresentação habitual e, também, nas gravações para os programas gratuitos de rádio e TV, que começam no dia 31 de agosto. No entanto, como estamos em época de Festival de Folclore, natural que haja uma circulação maior de candidatos pelo Parque da Gare. A panfletagem é a forma de abordagem mais usada nas proximidades do Casarão da Cultura. Em alguns momentos no fim de semana, que foi de calorzinho, se viu uma que outra bandeira de candidato circulando pela cidade.

 

Ao vivo
O candidato ao governo do Estado pelo Novo, Mateus Bandeira, ficou 24 horas ao vivo pelo Facebook, falando de suas propostas para o Estado. Das 17h30 de sexta-feira (17) até o mesmo horário do sábado (18), foram mais de 375 mil visualizações, quase seis mil comentários e cerca de 17 mil reações. A ação inédita se inspirou no seriado americano “House of Cards” e foi uma estratégia adotada para compensar seu tempo escasso de TV: apenas 7 segundos. Na maratona, os internautas puderam interagir com o candidato que respondeu a perguntas.

 

Podemos
Os candidatos do Podemos a deputado estadual, Cacá Nedel e Eduardo Peliccioli ainda não aparecem no DiculgaCand, mas confirmam as duas candidaturas. Houve problema no registro, mas o jurídico do partido está resolvendo a situação.

 

Correção
O Éder Jofre Dias (PSTU) é candidato a deputado federal por Passo Fundo e não a estadual como a coluna publicou.




PUBLICIDADE


PUBLICIDADE