PUBLICIDADE

Cultura


Cultura mexicana na programação

Publicada em: 28/06/2018 - 09:00

Companhia de Dança Folclórica C’Acatl, do México, está entre os grupos internacionais confirmados para o XIV Festival Internacional de Folclore de Passo Fundo

Cultura mexicana na programação

Festival acontece de 17 a 25 de agosto deste ano

Crédito: Divulgação

Pela primeira vez no Brasil, a Companhia de Dança Folclórica C’Acatl escolheu Passo Fundo como uma das terras a ser presentada com a beleza da cultura mexicana. No palco do XIV Festival Internacional de Folclore, lar temporário para a manifestação de diferentes culturas, a companhia mexicana compartilhará um dos maiores tesouros do seu país: a dança. A atração integra a programação do evento, que acontece entre 17 e 25 de agosto, no parque da Gare.

 

Cia de Dança Folclórica C’Acatl
A Companhia de Dança Folclórica C’Acatl, pertencente à Escola Superior de Dança Folclórica C’Acatl, vem da cidade de Puebla, no México. A escola tem como conceito básico a dança como uma expressão sublime de sentimentos e ideias que, em virtude de movimentos corporais realizados ao ritmo de uma música, reflete o conteúdo histórico-cultural de uma determinada região - ou seja, faz parte do folclore e das tradições que caracterizam o país. Assim, devido à riqueza cultura em toda a extensão territorial mexicana, a C'Acatl decidiu profissionalizar o estúdio de dança criando carreira em nível de graduação, o que permite aos graduados trabalhar como artistas, pesquisadores e professores neste campo que pouco tem sido atendidos tão profissionalmente.


A escola tem um plano de estudo para integrar os graduados do ensino médio e os professores que já trabalham no ensino desta disciplina, mas não têm um diploma para apoiá-los nesta área, e já formou mais de 15 gerações, com um total de 217 graduados, dos quais já são 100 graduados em Dança Popular Mexicana, com título profissional e licenciatura. Seus objetivos principais são: pesquisar e resgatar o folclore do México, bem como sua divulgação em nível nacional e internacional; treinar bailarinos profissionais que mostram suas danças em qualquer lugar do mundo; e formar professores capazes de fomentar a cultura através do Folclore Nacional.
Entre os países pelos quais a companhia de dança já passou, para participar de festivais em seus 24 anos de atuação, estão a França, Bélgica, Taiwan, Itália, Suíça, Rússia, Grã-Bretanha, Coreia, Turquia, Colômbia, Panamá e Polônia.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE



PUBLICIDADE