PUBLICIDADE

Cultura


Cultura para aquecer o inverno

Publicada em: 14/07/2018 - 10:00

Artes visuais, música e teatro integram a programação nos próximos dias

Cultura para aquecer o inverno

Stéfanie Telles

Crédito: Exposição de Stéfanie Telles transforma melodia, voz e poesia em imagem

Exposição e show musical

Transformar melodia, voz e poesia em imagem. Esse é objetivo da fotógrafa Stéfanie Telles, que apresenta a exposição fotográfica “Meu tempo, meu canto”, a partir desta quarta-feira (18), no Teatro Municipal Múcio de Castro. Em alusão ao disco homônimo do grupo musical nativista Quarteto Coração de Potro, a mostra apresenta uma leitura fotográfica do mais recente trabalho do grupo em um cenário histórico e inspirador: a Coxilha Rica, na Serra Catarinense. Para marcar a abertura da exposição, que acontece às 19h30min, o palco do teatro recebe também logo em seguida um show musical com o Quarteto, às 20h30min. O ingresso (exposição + show) custa R$30 e já está disponível para venda antecipada na loja Don Juan Moda Homem. Depois da abertura, a mostra continua em exibição na Sala de Exposições Desdêmona Machado Aires, localizado no segundo andar do Teatro Municipal (Av. Brasil Oeste, 792).

 Projeto Conexões Entre Mulheres Artistas

“Por quê não existiram grandes artistas mulheres”? É com essa proposição que Linda Nochlin intitula o artigo em que tenta responder essa questão. A pergunta, proferida em 1971, aponta para além da história da arte e problematiza áreas políticas e culturais relativas à subjugação das mulheres e às construções de gênero. Seguindo esta discussão, a Casa de Cultura Vaca Profana (Rua Paissandu, 180) apresenta neste domingo (15), às 18h, a primeira edição do projeto Conexões entre Mulheres Artistas, que acontecerá bimestralmente e tem o intuito de realizar cursos de formação sobre a vida e obra de grandes nomes femininos das artes visuais. A ideia surgiu a partir do curso realizado na Casa sobre Mulheres na História da Arte. Para começar, o curso fala sobre a obra da artista mexicana Frida Kahlo e discorre sobre a relação entre a vida e obra da artista e a desconstrução do mito em torno de sua figura. A ministrante, Mariah Teixeira, é fundadora do coletivo feminista “Maria, vem com as outras!” e da Casa de Cultura Vaca Profana, militante no Movimento de Mulheres Olga Benário e acadêmica de bacharelado em Artes Visuais pela Universidade de Passo Fundo. A entrada custa R$ 15. Inscrições antecipadas pela página do Facebook da Vaca Profana.

 Oficina Teatral

Neste sábado (14), o Rito Espaço Coletivo promove a oficina teatral “O ator e o jogo”, ministrada pelo diretor teatral Marcio Bernardes. Integralmente prático, o workshop aborda os jogos e a improvisação teatral como elementos-chave na criação poético-teatral e é voltado para todos que buscam desenvolver as potencialidades expressivas para composição da cena explorando a corporeidade, o tempo-ritmo, as dinâmicas vocais, a contracena e o jogo. Ainda serão incorporadas técnicas de meditação e elementos importantes para o treinamento diário do ator. Vindo de Salvador, Bahia, Bernardes é atualmente o responsável pela direção do novo espetáculo do Grupo Ritornelo de Teatro, que estreia em breve. O diretor já esteve em Passo Fundo antes para coordenar artisticamente o Grupo de Teatro Viramundos. Podem participar interessados com conhecimento intermediário na área, a partir dos 16 anos de idade. O investimento é de R$ 100. Inscrições e informações: (54) 9 9976-1773 (Guto) ou (54) 9 9921-8739 (Miraldi).

 Tributo a Led Zeppelin

Dentro da programação do Mês do Rock, uma das maiores bandas da história do rock, Led Zeppelin, será homenageada em um espetáculo especial nesta sexta-feira (20), no Teatro do Sesc Passo Fundo (Av. Brasil, 30). Em "Lady Zeppelin, Um Tributo ao Led Zeppelin", a cantora Aline Love apresenta, a partir das 20h, releituras dos clássicos da banda britânica. O projeto é desenvolvido por Love em parceria com a Club Band e faz uma viagem no tempo através dos maiores hits da banda londrina que revolucionou a história do gênero. Contudo, há um diferencial que dá um elemento especial à apresentação: um vocal feminino, que torna inéditas as clássicas canções de Led Zeppelin. Os ingressos variam de R$ 12 a R$ 30. Mais informações estão disponíveis no telefone (54) 3313-4318.

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE



PUBLICIDADE