PUBLICIDADE

Estado


Ex-prefeito apresenta projeto de novo terminal portuário

Publicada em: 28/03/2019 - 10:00

Estrutura é projetada pela iniciativa privada e será um importante ponto de importação e exportação para diversas regiões do estado e país

Ex-prefeito apresenta projeto de novo terminal portuário

O engenheiro Fernando Carrion fez um panorama geral ilustrando o projeto

Crédito: Caroline Lima/Assessoria de Imprensa Acisa

O engenheiro civil Fernando Machado Carrion apresentou aos empresários o projeto para construção de um Terminal Portuário Marítimo Privado em Torres, no litoral Norte do RS. A explanação foi feita durante reunião-almoço da Associação Comercial, Industrial, de Serviços e Agronegócio (Acisa) de Passo Fundo, ontem.

 

Durante a atividade, Fernando Carrion, que é ex-prefeito de Passo Fundo, ex-deputado federal e um dos idealizadores da iniciativa, fez um panorama geral ilustrando o projeto que prevê, segundo ele, a movimentação de contêineres, exportação de granéis sólidos agrícolas, gás natural, além de navio regaseificador e atracação de navios de cruzeiro. De acordo com o engenheiro, a estrutura, que será construída pela iniciativa privada, será um importante ponto de importação e exportação para diversas regiões do estado e país e movimentará cargas de frango, maçã, grãos, produtos da área metal mecânica, entre outros.

 

No total, a faixa litorânea do Estado tem 620 km e Torres foi escolhida por apresentar uma área ideal, com mar profundo e adequado para a construção do terminal com baixo investimento. “Não podemos ficar com apenas um porto marítimo, em Rio Grande. Santa Catarina, por exemplo, tem 420 km de litoral e cinco portos. O porto de Torres facilitaria para nossos produtores, já que é mais perto e diminuiria o custo dos fretes”, explica.

 

Segundo ele, o projeto não deve atrapalhar o turismo ou o meio ambiente. "Nosso projeto é baseado em cinco premissas: desenvolvimento econômico, bem-estar social, já que não queremos brigar com a sociedade, bem como os veranistas, preservação do meio ambiente, local adequado com menor custo de construção e ação de empresa privada com a sociedade e o poder público", afirma o engenheiro.

 

Próximos passos
Ainda conforme Fernando Carrion, uma das empresas mais especializadas nesse tipo de estrutura, e que tem em seu portfólio 15 portos em diversos locais do mundo, está elaborando o anteprojeto do terminal de Torres. “Este projeto vai ser colocado na minha mão no início de maio e com ele bateremos o martelo para que possamos concluir o processo. Ao mesmo tempo, ele será aprovado na Secretaria Nacional de Portos, em Brasília, obtemos uma autorização e aí a obra começa”, garante.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE



PUBLICIDADE