PUBLICIDADE

Geral


Ação voluntária é incentivo à vida

Publicada em: 20/08/2018 - 07:00, por Redação ON

A ação é de prevenção a depressão e suicídio, visto que a Região Sul tem um dos maiores índices de suicídio do país

Ação voluntária é incentivo à vida

Frases motivacionais em defesa da vida foram colocadas nas paradas de ônibus pelo movimento JC Praise

Crédito: Patrícia Fossatti de Carvalho/ON

Uma ação voluntária de jovens cristãos, inspirada em iniciativa praticada na Inglaterra quer salvar vidas em Passo Fundo. Cartazes com frases motivacionais foram espalhadas em alguns pontos da cidade e o objetivo é evitar que pessoas cometam suicídio.


O assunto ainda é pouco discutido e considerado tabu, mas é problema de saúde pública, segundo o Ministério da Saúde. O suicídio é o resultado de uma interação de fatores psicológicos, biológicos e culturais, estimulado pela possibilidade de escolha. A grande maioria dos suicídios é em decorrência da depressão, a segunda causa vem da dependência de álcool e drogas, e a terceira causa é a esquizofrenia, além de outros fatores que podem influenciar, como maus tratos e abuso físico e sexual. De acordo com os dados divulgados pela Secretária de Vigilância em Saúde, de 2017, na Região Sul se concentram 33,4% dos casos de lesão autoprovocada, ficando atrás somente da Região Sudeste, com 44,8%.

 

Conversar com pessoas que estejam passando por situações assim e entender se tem uma causa específica que esteja levando-a ao pensamento suicida, é fundamental. “A regra era não falar, o suicídio era um tabu, porque se achava que se falasse bastante no assunto iria estimular outras pessoas que estavam com esse pensamento de se suicidar. Hoje mudou, se explicando as causas e as doenças, até para que com essas informações as pessoas procurarem ajuda e saibam que tem solução”, comenta o psiquiatra Jorge Alberto Salton. Com base nos dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), se o assunto fosse melhor estudado e possuísse uma comunicação correta e ética, nove a cada 10 casos poderiam ser evitados.


Ação solidária
Em Passo Fundo, o movimento Jovem cristão, JC Praise, vem realizando um trabalho de incentivo à vida. Uma equipe engajada e comprometida com ações públicas que realmente transformam este cenário. Há 20 dias foram colocadas placas em paradas de ônibus e também em frente ao Hospital São Vicente de Paulo, com o objetivo de motivar pessoas que possam estar passando por momentos de dificuldades dos mais variados tipos, e principalmente pessoas com sintomas de depressão.


A razão de se ter escolhido esses locais para fixar as placas é por serem lugares de maior fluxo de pessoas na cidade e dos mais variados gêneros, como estudantes, funcionários de lojas, pacientes e acompanhantes do Hospital, pessoas que realizam caminhadas, e comunidade em geral, sem distinção de classes sociais. O objetivo é conseguir o apoio do município e inserir novas plaquinhas em vários pontos da ciclovia da Avenida Brasil e Presidente Vargas, também no Parque da Gare e Praça Antonino Xavier. "Acreditamos no poder da palavra de incentivo", comenta o líder do movimento JC Praise, Esequiel Bonette.


A iniciativa surgiu de uma ideia praticada na Inglaterra. Paige Hunter foi a responsável por instalar mais 40 bilhetes e os pregar à ponte Wearmouth, na cidade de Sunderland. A jovem ajudou a salvar pelo menos seis pessoas que estavam atentando ao suicídio na beira da ponte. Paige recebeu da polícia local um certificado parabenizando-a pelo seu esforço. Aqui no município, fixar as placas com os dizeres teve um resultado tão positivo que o movimento já recebeu mensagens de pessoas agradecendo pelas frases, pedindo orações e mais frases de motivação. Pessoas que deram passos de mudança em suas vidas.


Todos os meses o movimento JC atua com uma ação relevante a comunidade. "Distribuímos as mesmas frases, com um folder menor e uma bala, nas sinaleiras da cidade. Realizamos o 'Ensaio Aberto' com o apoio da Secretária de Cultura, com o objetivo de levar a boa música e palavras de motivação pelas praças da cidade. É feita a arrecadação de alimentos, roupas e cobertores, na qual distribuímos à famílias carentes", disse Bonette.


Para a OMS, o suicídio representa 1,4 das mortes de todo Brasil. A faixa etária principal é entre jovens de 15 a 29 anos. Por isso, os casos vem motivando o debate da saúde mental em escolas e universidades. Uma pesquisa realizada pela Agência Brasil revela que mais de 6% dos alunos relataram ter ideias de morte, e cerca de 4% já tiveram pensamento suicida. Além disso, 80% dos estudantes de graduação já tiveram problemas emocionais.

Setembro amarelo
Uma campanha de conscientização comemorada no Dia Mundial de Prevenção do Suicídio, 10 de setembro. Criada no Brasil pelo Centro de Valorização da Vida (CVV) e Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), desde 2015, o setembro amarelo tem o objetivo de alertar a população a respeito da realidade do suicídio no Brasil e no mundo, e também prevenir pessoas que estejam passando por situações delicadas. Por ano, o CVV faz dois milhões de atendimentos, via trabalho de aproximadamente 2.400 voluntários, localizados em 19 estados mais o DF. Mais de 90 pontos de atendimento.

 

Em Passo Fundo, o CVV iniciou suas atividades em 2018. Ele realiza o apoio emocional e prevenção ao suicídio de forma gratuita. A principal forma de contato é via telefone, através do número 188, mas também é possível realizar o atendimento através do chat e e-mail. Todo o atendimento é realizado por voluntários que foram capacitados para auxiliar quem busca o serviço.
Acesse cvv.org.br para saber mais sobre o Centro.

Imagens Relacionadas

Clique nas imagens para ampliá-las.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE



PUBLICIDADE