PUBLICIDADE

Cidade


Passo Fundo Shopping de portas abertas à comunidade

Publicada em: 08/11/2018 - 18:30

Inauguração para o público foi na manhã de ontem (8), marcada pela expectativa de centenas de pessoas que formaram fila desde as primeiras horas da manhã

Passo Fundo Shopping de portas abertas à comunidade

Abertura do Shopping ao público, na manhã de ontem (8)

Crédito: Larissa Paludo/ON

Centenas de pessoas acompanharam a inauguração do Passo Fundo Shopping na manhã de ontem (8). As portas foram abertas às 10h para a comunidade, mas a fila começou a se formar por volta das 7h da manhã. A técnica em enfermagem, Dinamar Vicelli e seu esposo, João Adalberto da Rosa, foram os primeiros a chegar. A motivação especial da espera era uma promoção de pizza de uma das lojas para os 30 primeiros clientes. Mas a expectativa se estendia às demais atrações do empreendimento que conta com mais de 170 operações. “A gente esperou muito para ter um shopping deste porte”, resumiu Dinamar, que saiu direto do plantão, no Hospital Municipal Dr. César Santos para a frente do shopping, na Avenida Presidente Vargas, nº 1610.


Projetado para receber milhares de pessoas, o Passo Fundo Shopping se consolida como o maior centro de compras, lazer e entretenimento do Norte do Rio Grande do Sul. São nove lojas âncoras, 14 megalojas, 144 satélites, ampla praça de alimentação com vista panorâmica para a cidade e para um lago que será o lugar para vivência e para os esportes de aventuras, restaurantes, complexo de cinemas com cinco salas de última geração, alameda de serviços, centro automotivo, academia, supermercado com 4 mil m², mais de 1,8 mil vagas de estacionamento, totalizando 60,2 mil m² de área construída em uma área de 75 mil m² de terreno.


Foram quatro anos de obra e mais de R$ 210 milhões em investimento, em um projeto de longo prazo, que conta com a ousadia e visão dos sócios investidores formado pelas empresas AR Participações, Trust & CO Investimentos e F4 Investimentos, com administração da AD Shopping. A engenharia e gestão de projetos é da EBR Engenharia e o projeto arquitetônico da Dória Lopes & Fiuza.


Inauguração para autoridades
Antes de abrir as portas à comunidade, os idealizadores do empreendimento realizaram a inauguração para as autoridades, na noite de quarta-feira (7). Na ocasião, os investidores do empreendimento, Antônio Roso, Sérgio Maia e Vinícius, um dos coordenadores da AD Shopping (responsável pela gestão do negócio), Mario Almeida, além dos técnicos responsáveis pela obra, o engenheiro Eugênio Bayer Reichmann e o arquiteto Manoel Doria, falaram à imprensa.


Entre os pontos abordados, os sócios destacaram a confiança do mercado com o fim da recessão econômica e o desejo de ver o país crescendo novamente. “Eu sou um empreendedor que acredita no Brasil”, enfatizou Antônio Roso, sócio investidor da AR Participações. Além deste crédito, Sergio Maia, sócio da Trust & CO Investimentos, salientou que Passo Fundo foi escolhido em virtude dos bons números no Produto Interno Bruto (PIB) per capita, além da colocação em outras estatísticas econômicas e da diversidade de setores – que fez com que a crise não afetasse tanto a cidade.


“Enquanto em muitos países os investidores colocam 30% ou 40% do valor e o restante vem do sistema financeiro, aqui tem 90% de investimento dos sócios. E soma-se a isso cerca de R$ 140 milhões de investimento dos lojistas, o que pode tornar esse um dos maiores investimentos do país no ano”, destacou Sergio Maia.


Roso lembrou que este é o único shopping a ser inaugurado em solo gaúcho no ano de 2018. “Após quatro anos de obras é uma grande alegria entregar uma obra como essa. Posso dizer que temos aqui uma obra da grandiosidade de uma capital, com grifes, centro de compras, de lazer e de gastronomia”, disse.


Para Mario Almeida, Coord. de Adm. Geral Região Sul da AD Shopping, responsável pela gestão do empreendimento, o Passo Fundo Shopping está muito a frente do vem sendo feito no Brasil. ”A solidez dessa obra nos dá muita tranquilidade para fazer a gestão. Esse shopping vai atender da melhor forma os consumidores e nos finais de semana vocês vão enxergar a cara da região circulando e vivendo dentro dele”.

Conceito arquitetônico
A arquitetura do Passo Fundo Shopping promete ser referência para o setor de construção de civil no país. Com 60.200m2 de área construída, sendo 30.000m2 de ABL e 40.000 de área externa, é o único empreendimento de varejo do país totalmente em estrutura metálica. O arquiteto Manoel Doria, responsável pelo projeto do Shopping e de outros 55 megaempreendimentos de varejo, destaca a escolha. “A estrutura metálica é uma alternativa moderna, leve e de muita flexibilidade. Conseguimos uma obra limpa, de fácil e organizada montagem”, explica. Aproveitando a declividade do terreno, o shopping é distribuído em três pavimentos, com elementos arquitetônicos marcantes e de grande referência e impacto.
Sobre os diferencias da obra, Dória aponta que ela é única. “Um shopping com três pisos deve estar bem resolvido em seu fluxo. Conseguimos estabelecer um acesso direto com a rua, onde temos o nosso piso 2 e outro direto pelos estacionamentos, que fica no térreo. De forma natural, conectamos as extremidades do empreendimento. Grandes e amplos malls, praças e espaços de convivência também determinam o passeio do usuário pelo shopping”, destaca.


Outro conceito que o empreendimento traz para Passo Fundo é o de espaço de convivência e integração com o paisagismo. Ao caminhar pelo shopping, os visitantes irão ver muitas palmeiras, trazendo o verde para a parte interna, conforme explica Dória. “Os shoppings hoje devem resgatar o conceito de praças, espaços abertos. Shopping é um empreendimento privado com alma pública. A cidade deve abraçar esta causa e tornar o local uma extensão dela, uma grande praça onde as pessoas se encontram com conforto segurança e praticidade”.

 

Próximos investimentos
A área do entorno do Passo Fundo Shopping terá também prédios residenciais e comerciais, além de uma torre corporativa do Intercity Hotels e do Infinity Office, formando um grande complexo multiuso. O empreendimento será viabilizado pela A. Roso Investimentos Imobiliários, Oliva Construções e Empreendimentos e Incorpore Participações e Empreendimentos Imobiliários, que escolheram a Intercity como bandeira e administradora hoteleira. A rede Intercity opera hoje 30 hotéis e é reconhecida como empresa pioneira e inovadora no segmento de hotelaria executiva.


O Hotel, com previsão de início das obras para o início do próximo ano, terá 16 andares, com 162 apartamentos com 21 m² cada, infraestrutura completa com auditório, salas de reuniões, academia, piscina, salão de café e jantar. O Infinity Office terá seis andares, com infraestrutura executiva completa com auditório, salas de reuniões e 48 salas comerciais, todas com vagas de estacionamento. O projeto arquitetônico do hotel Intercity é assinado pelos arquitetos Atilio Tramontini e Henrique Buskuhl Neto, da Atilio Tramontini Arquitetura, de Passo Fundo.


Outros detalhes dos próximos empreendimentos serão divulgados no decorrer das obras do Hotel. “Quando inaugurarmos o Hotel, iremos dar detalhes sobre o próximo investimento, também aqui em Passo Fundo”, pontuou Roso.

 

Cerimônia festiva
Na noite de quarta-feira, os investidores e administrador do shopping recepcionaram autoridades e covidados numa cerimônica festiva que teve direito a show especial da Cia da Cidade. Prefeitos da região, deputados e lideranças de entidades representativas, além de lojistas e jornalistas, prestigiaram o ato.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE



PUBLICIDADE