PUBLICIDADE

Cidade


Mais da metade do eleitorado ainda não realizou cadastramento biométrico

Publicada em: 12/02/2020 - 06:45, por Claudia Dalmuth/ON ([email protected])

Entre os 146 mil passo-fundenses aptos a votar, apenas 65,8 mil efetuaram o procedimento

Mais da metade do eleitorado ainda não realizou cadastramento biométrico

Crédito: Divulgação

Dos mais de 146 mil eleitores passo-fundenses que devem efetuar cadastro biométrico, somente 65,8 mil concluíram o procedimento. O número representa 44,8% do total de eleitorado do município que tem até, no máximo, março de 2022 para concluir a coleta dos seus dados biométricos em uma das duas Zonas Eleitorais (ZEs) existentes no município. Embora o prazo ainda pareça distante, a chefe de cartório da 128ª ZE, Sorreila Luzia Vivan, lembra que o eleitor deve agendar o atendimento pelo site do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RS) e, por isso, precisa se planejar com antecedência. Neste mês, por exemplo, todas as vagas já foram preenchidas até o dia 21.


De acordo com a chefe da 128ª ZE, Sorreila Luzia Vivan, diariamente, uma média 200 eleitores procura o cartório para realizar a revisão biométrica. O movimento é considerado alto, embora metade do eleitorado ainda não esteja com o processo em dia. “A gente nota que a procura tem crescido nos últimos meses, principalmente porque a população pensa que o prazo em Passo Fundo encerra em março. Na verdade, as pessoas estão confundindo com a data-limite de outras cidades”, observa, referindo-se ao fato de que, em 50 municípios do Rio Grande do Sul, o TRE/RS determinou que o cadastramento biométrico deve ser concluído até março de 2020. Passo Fundo, porém, integra a lista de 21 municípios onde o cadastro da biometria pode ser feito até 2022. Nos outros 426 municípios gaúchos, o processo já havia sido concluído antes das eleições de 2018 – é o caso de Ernestina, Mato Castelhano, Coxilha e Pontão, municípios vinculados às 33ª e 128ª zonas eleitorais de Passo Fundo, onde o período para revisão biométrica foi encerrado ainda em 2013.

 

Atendimento
Em Passo Fundo, as zonas eleitorais funcionam em horário especial até o fim de fevereiro. O atendimento ao público acontece de segunda a quinta-feira, das 13h às 19h, e às sextas-feiras, das 9h às 15h. Em março, as equipes devem retomar o atendimento no horário normal, de segunda a sexta-feira, das 12h às 19h. Para realizar o cadastramento biométrico é necessário portar um documento de identificação original e comprovante de endereço. O eleitor que não tem certeza se já realizou o cadastramento pode verificar no canto superior direito do seu título de eleitor.


Apesar de não ser obrigatório, Sorreila reitera que o agendamento online tem sido uma ferramenta importante para evitar as filas nos cartórios. “Ainda tem muitas pessoas que nos procuram sem ter agendado. Nós não deixamos de atender, caso tenhamos capacidade, mas damos prioridade àqueles que têm horário marcado, então é bastante interessante para o eleitor agendar o atendimento no site do TRE. Assim, ele não precisa ficar esperando e não corre o risco de precisar voltar para casa sem conseguir cadastrar a biometria”.

 

PUBLICIDADE



PUBLICIDADE