PUBLICIDADE

MIX


Benefícios da micropigmentação

Publicada em: 22/07/2018 - 10:00

Micropigmentadora no salão Regison Cabeleireiros, Camila Lima dá algumas dicas para ter a sobrancelha perfeita e renovar a autoestima

Sabemos que a autoestima está diretamente relacionada com aquilo que enxergamos no espelho. Sentir-se bonita nos traz segurança tanto para relacionamentos pessoais quanto profissionais. Um cabelo sedoso, uma pele tratada, unhas bem feitas e um belo par de sobrancelhas estão longe de representar futilidade. Hoje em dia, representam inquestionavelmente saúde, uma vez que a beleza física caminha junto com a saúde mental. Logo, precisamos estar felizes e satisfeitos com nossa aparência para que tenhamos mais sucesso em todas as outras áreas.

É a partir desta percepção que a micropigmentação ou dermopigmentação tem revolucionado o mercado da beleza, com suas diversas possibilidades e visível satisfação de seus adeptos. Por ser um procedimento minimamente invasivo, o impacto sobre o organismo é muito pequeno, havendo poucas restrições (as únicas limitações referem-se a gestantes, pessoas em tratamento de câncer e patologias no local a ser trabalhado) e abrangendo uma grande faixa etária. “Vemos clientes de 15 a 95 anos buscando este serviço em nosso salão”, explica a farmacêutica esteta, maquiadora, designer de sobrancelhas e micropigmentadora no salão Regison Cabeleireiros, Camila Lima. De acordo com ela, os resultados imediatos e positivos fazem com que muitas pessoas se rendam à técnica que consiste na implantação de pigmentos nas primeiras camadas da pele através de agulhas e de um aparelho chamado dermógrafo.

Novas tecnologias

 A antiga “maquiagem definitiva”, que era feita com maquinário pesado e tinturas com alto poder de fixação e durabilidade, deu espaço à micropigmentação, que é desenvolvida através de equipamentos delicados, precisos e totalmente descartáveis, pigmentos de excelente qualidade e cores belíssimas. Sua durabilidade pode variar de oito meses a um ano e meio, dependendo das particularidades de cada cliente. A principal diferença é que, ao contrário da maquiagem definitiva, a micropigmentação é um procedimento temporário.

Conforme Camila explica, a micropigmentação pode ser dividida em paramédica e estética. A primeira refere-se à camuflagem de estrias, manchas na pele, vitiligo e reconstrução de aréolas mamárias, além de toda parte capilar, onde se consegue disfarçar a falta de cabelo. Já na segunda, está a maquiagem permanente, que facilita e muito a vida corrida da mulher moderna, principalmente através do delineador de olhos, contorno e preenchimento de boca e a famosa micro de sobrancelhas.  Através da micropigmentação de sobrancelhas, é possível realçar o olhar, cobrindo pequenas ou grandes falhas, redefinindo e melhorando o formato de uma forma muito realista e harmoniosa. Fio a fio, ombré, shadow, fine lines, esfumadas, compactas entre outras... Uma infinidade de métodos utilizados a fim de se obter uma sobrancelha perfeita.

No entanto, a micropigmentadora do salão Regison Cabeleireiros aponta que, com o crescimento exponencial do mercado da micropigmentação nos últimos anos, é necessário manter-se alerta. “São muitos profissionais no mercado, muitas fotos de antes e depois, vídeos e cursos em toda esquina. É preciso que tenhamos cuidado para escolher o local certo e um profissional capacitado para colocar as mãos em nossos rostinhos. Pesquise sempre antes de se submeter a qualquer procedimento estético. Conheça trabalhos anteriores e o histórico do profissional. Faça uma avaliação previa simulando o resultado final para que não ocorram arrependimentos futuros”, conclui.

Com essas precauções é só entregar-se ao que estética nos disponibiliza e curtir o resultado final.

Palavras-chave:

estética

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE



PUBLICIDADE